Som dos blocos no Carnaval de rua em SP será desligado às 19h

Prefeitura divulga regras e diz que dispersão deve ser feita até as 20h

Emerson Vicente
São Paulo

A Prefeitura de São Paulo, sob gestão Bruno Covas (PSDB), divulgou nesta terça (12), no Diário Oficial do Município, as regras para o Carnaval de rua de 2020.

Como o horário de verão não foi implantado neste ano, os blocos terão que desligar o som às 19h, e a dispersão será às 20h.

As inscrições terminaram em setembro. Segundo a prefeitura, 865 blocos foram inscritos. O pré-Carnaval começa no dia 11 de janeiro e vai até o dia 9 de fevereiro, sempre aos finais de semana. No dia 25, um sábado, está vetado por causa das festividades pelo aniversário da cidade.

Bloco Pipoca, da cantora Daniela Mercury, na região central de São Paulo, no Carnaval de 2019 - Robson Ventura - 10.mar.19/Folhapress

Serão 300 trajetos espalhados pela cidade, sendo dez deles destinados aos megablocos. De acordo com a TV Globo, a rua Laguna, na zona sul, e a avenida Luiz Dumont Villares, na zona norte, foram incluídas nos trajetos dos megablocos.

As aprovações de trajetos, datas e horários estão sujeitas à avaliação técnica da Secretaria Municipal de Transportes. Caso dois blocos escolham o mesmo trajeto, dia e horário, será levado em consideração o histórico e a tradição do bloco. Também é proibida a cobrança de ingresso.

Blocos que não respeitarem as regras poderão ser multados ou até suspensos. 

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.