Descrição de chapéu Zona Sul

Artesão é preso acusado de matar morador de rua por causa de uma bicicleta em SP

Caso ocorreu no Jardim Paulista (zona sul da capital paulista)

São Paulo

Um artesão de 36 anos foi preso, por volta das 12h30 de terça-feira (7), acusado de matar um morador de rua de 42 ano por causa de uma bicicleta. O caso ocorreu no Jardim Paulista (zona sul da capital paulista). 

Este é o segundo caso em que um morador de rua é morto na capital paulista neste ano. 

A Polícia Militar foi acionada para atender a uma ocorrência, a princípio, de agressão. Quando policiais chegaram à casa do artesão, constataram que ele havia amarrado as mãos da vítima, com um pano, atrás das costas. O suspeito ainda estava apoiado, de acordo com policiais, com o joelho direito sobre as costas de José Ricardo Camilo. 

Segundo a polícia, o artesão alegou que a vítima teria lhe furtado uma bicicleta, uma semana antes do crime, o que teria motivado a violência. A bike não havia sido encontrada até a publicação desta reportagem.  

Camilo foi encaminhado à Santa Casa, onde acabou morrendo. A causa preliminar da morte, segundo boletim de ocorrência, seria enforcamento. 

O artesão foi preso em flagrante por homicídio qualificado (meio cruel). 

O caso foi registrado no 78º DP (Jardins).

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.