Descrição de chapéu Nos Prédios

Uso da área comum por visitante deve ser definido em assembleia

Maioria dos condomínios costuma proibir, mas existe a possibilidade de encontrar um meio termo

São Paulo

Levar visitantes para as áreas comuns dos prédios pode gerar problemas para o morador. Na época de férias e calor, quando as piscinas e as quadras são mais ocupadas, essa polêmica cresce. Não existe uma determinação geral, cada empreendimento decide internamente quais são as regras, por isso, é importante conhecer qual o regulamento do condomínio em que mora.

“Isso precisa ser decidido em assembleia. No entanto, estamos verificando uma tendência de proibição de todas as áreas comuns para qualquer visitante”, diz Stefan Jacob, consultor condominial da Rachkorsky Condomínios.

A síndica profissional Lígia Ramos Volpi, na área da piscina de um dos condomínios que administra, no Campo Belo, zona sul da capital - Rivaldo Gomes/Folhapress

“Tem criança que leva cinco, seis amiguinhos e quer ir jogar bola na quadra, ir para a piscina. Isso pode ser perigoso porque o condomínio acaba se responsabilizando por coisas e pessoas que nem sabe”, completa.

Síndica profissional nos últimos 20 anos, Lígia Ramos Volpi, 54, avalia que este é um dos pontos de maior tensão na relação com os condôminos. “É difícil virar e falar que o priminho não vai descer [para a área comum]. A gente depende da colaboração dos moradores. Fazemos campanha, divulgamos o regulamento nas redes de comunicação internas. As medidas que o condomínio pode tomar são administrativas: orientação, notificação, advertência e multa.”

Segundo ela, que cuida de 15 condomínios atualmente, o mais comum é existir a proibição, mas em alguns casos, alguns locais permitem até dois convidados em áreas comuns, com exceção da academia, que dificilmente pode receber visitantes.

“Tem condomínio com mais de 300 apartamentos. Se a gente tirar uma média de quatro pessoas por unidade, imagina essa quantidade de pessoas usando as áreas comuns”, disse.

 

Áreas comuns| Saiba Mais

Os espaços comuns dos prédios são os locais que qualquer morador pode utilizar

O valor pago para a manutenção destes locais é dividido entre os moradores do prédio

Quais sãs as áreas comuns:

  • Churrasqueira
  • Salão de festas
  • Quadras esportivas
  • Salão de jogos
  • Piscina
  • Academia de ginástica

Principais dúvidas

1) Quem pode usar as áreas comuns?

Não existe uma padronização, cada condomínio decide em assembleia um regulamento interno que determina quem pode usar os espaços comuns

2) Visitantes podem utilizar as áreas comuns?

Embora seja uma decisão de cada local, a tendência é que condomínios com grande número de moradores não permitam que visitantes utilizem áreas comuns

3) O salão de festa entra nessa regra?

Não. No salão de festas os moradores podem levar visitantes. O número pode variar e é determinado no regulamento interno, tendo relação com a capacidade de receber convidados de cada local

4) Hóspedes podem usar as áreas comuns?

Isso também é determinado pelo regulamento de cada condomínio, mas, no geral, existe o entendimento de que hospedes possuem o direito de usar espaços comuns

5) Quem aluga um imóvel pode usar as áreas comuns? 

Sim, quando o proprietário aluga o apartamento também está cedendo o direito ao uso das áreas comuns

Fontes: Stefan Jacob, consultor condominial da Rachkorsky

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.