São Caetano inicia testagem da Covid-19 em habitações coletivas

Objetivo é identificar pessoas que contraíram o coronavírus e não apresentaram sintomas

A Prefeitura de São Caetano do Sul, na Grande São Paulo, começou nesta quarta-feira (17) a testagem em massa em cortiços. O objetivo é identificar, especialmente, pessoas que contraíram o coronavírus e não apresentaram sintomas.

A Prefeitura de São Caetano do Sul (ABC) começou nesta quarta-feira (17) a testagem em massa em habitações coletivas, para detectar a Coid-19 - Prefeitura de São Caetano do Sul

No primeiro dia de exames, 103 pessoas foram avaliadas e 4 testaram positivo para Covid-19. “Queremos identificar os assintomáticos, que estão sem nenhum grau de isolamento social, para que eles não sejam transmissores do coronavírus”, enfatiza o prefeito José Auricchio Júnior.

Pelos próximos 40 dias, profissionais da Secretaria de Saúde realizarão o teste rápido em todos os 15 mil moradores de cortiços da cidade. O resultado dos exames sai em até 15 minutos.

Quem testar positivo será convidado a cumprir o período de isolamento no Crais (Centro de Referência de Acolhimento e Isolamento Social), criado especialmente para esta ação. O local, no Hospital São Caetano, conta com cem vagas.

As pessoas atendidas não terão contato com os pacientes internados no Hospital de Campanha, montado no 3º e 4º andares.

Este é o quinto programa de testes de São Caetano. Ao todo, 33 mil moradores já fizeram os exames, o equivalente a 20,5% da população da cidade.

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.