Polícia fecha criadouro clandestino de animais na Grande SP

Mais de 30 galos de rinha e 15 aves silvestres foram resgatados

São Paulo

Após uma denúncia anônima, uma equipe do 1º Batalhão de Policiamento Ambiental fechou, nesta terça-feira (28), um criadouro clandestino de animais em Osasco, na região metropolitana de São Paulo.

Polícia Militar Ambiental fecha criadouro clandestino de galos em Osasco - Divulgação/Polícia Militar

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, trata-se de um imóvel residencial localizado na avenida Alberto Santos Dumont. No local foram apreendidos mais de 30 galos e galinhas, com sinais de mutilações típicas do preparo para participação de rinhas, como esporas serradas e penas raspadas.

A polícia também resgatou 15 aves da fauna silvestre, também com marcas de maus tratos. Os animais eram mantidos em compartimentos minúsculos, sem ventilação, água, comida e higiene no cativeiro ilegal, onde também foram achados medicamentos que, de acordo com o órgão, eram usados para treiná-los para as competições.

O responsável pelo local foi preso em flagrante por crime ambiental e teve a identidade preservada.
As aves silvestres foram levadas para o Centro de Recuperação de Animais Silvestres do Parque Ecológico do Tietê. Já as domésticas estão sendo atendidas pela Secretaria Municipal de Bem-Estar Animal do município de Osasco.

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.