Descrição de chapéu senado

Transporte público em SP terá ajustes por causa das eleições municipais

Ônibus terão 65% da frota na capital; trens da CPTM irão operar com menor intervalo de tempo

São Paulo

No domingo, 15 de novembro, além de feriado da Proclamação da República, ocorrerá o primeiro turno das eleições municipais. Por isso, algumas empresas que administram o transporte público em São Paulo irão alterar as operações para facilitar o deslocamento dos eleitores.

A SPTrans, empresa responsável pelos ônibus da capital paulista, colocará em circulação no domingo 65% da frota operacional em relação ao número de veículos que circulam nos dias úteis.

Segundo a empresa, a porcentagem da frota de um domingo normal é 48% e 1.024 linhas circulam na capital. Neste domingo de eleição, a frota operacional será de 65% em relação aos dias úteis e 1.112 linhas irão circular na cidade.

O atendimento será normal nos postos de venda em terminais de ônibus e no Expresso Tiradentes (das 6h às 22h). Já as lojas Augusta, Metrô Jabaquara e Santana, que não funcionam aos domingos e feriados, além do Posto Central da SPTrans, estarão fechados.

Estação Francisco Morato, da linha 7-rubi da CPTM. - Divulgação

A CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) terá todas as linhas, com exceção da 13-jade, funcionando com intervalo de 15 minutos entre os trens, menor do que o habitual aos domingos. Nos finais de semana, em geral, os trens operam com intervalo maior para realização de obras de modernização e manutenção.

EMTU (Empresa Metropolitana de Transporte Urbano), que gerencia os ônibus intermunicipais na Grande SP, manterá a operação sem alterações. "Mas os agentes estarão atentos à movimentação de passageiros e a empresa poderá orientar o aumento do número de viagens se for necessário em alguma linha específica", diz a empresa.

No metrô, as linhas da companhia vão trabalhar com frota e intervalos normais para os domingos. Segundo a empresa, a "operação será monitorada ininterruptamente e as equipes estão preparadas para disponibilizar mais trens, dependendo da demanda, nas linhas 1-azul, 2-verde, 3-vermelha e 15-prata, gerenciadas pelo Metrô, e nas linhas 4-amarela e 5-lilás, operadas pela ViaQuatro e ViaMobilidade, respectivamente".

O metrô afirma que irá reforçar o quadro de agentes de estação e de segurança para auxiliar o embarque e desembarque de idosos e pessoas com deficiência (PCD).

Por conta das eleições, a Estrada de Ferro do Campos de Jordão colocará o Trem de Subúrbio em operação excepcionalmente neste domingo em Pindamonhangaba. A operação vai funcionar nos mesmos horários e trechos que o trem opera durante a semana.

No trecho entre o centro e o bairro Bom Sucesso, saídas às 9h e 13h30 e retorno da estação Expedicionária às 9h35 e às 14h05. No trecho entre o centro e o bairro Piracuama, saídas 6h30, 11h30 e 16h15 e retorno da estação Piracuama 7h30, 12h30 e 17h10. O valor do bilhete é de R 3,10 e pode ser adquirido no próprio trem.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.