Descrição de chapéu Grande SP

Dois morrem após motorista sem habilitação bater contra muro no ABC

Barman de 35 anos, que estava no banco traseiro, afirmou em depoimento que todos haviam bebido

São Paulo

Um vendedor de 37 anos e uma dona de casa de 29 morreram após o carro, guiado pela mulher, colidir contra o muro de um imóvel, por volta das 2h desta terça-feira (9), em Santo André (ABC). Um barman de 35 anos, que estava no banco traseiro do veículo, afirmou em depoimento à polícia que todos haviam consumido bebidas alcoólicas antes do acidente.

O Ford Ka prata de Maiara Caroline Sobral de Andrade, que não tinha habilitação, seguia em alta velocidade pela rua Simão Jorge, quando a dona de casa perdeu o controle do carro, batendo com força contra o muro de uma casa, conforme relatado pelo barman à Polícia Civil.

Assim que ocorreu a colisão, Maiara e o vendedor Bruno Ribeiro Zanelato, que ocupavam os bancos dianteiros do veículo, teriam batido as cabeças contra o painel do carro, ainda segundo relatado pelo sobrevivente, que é irmão por parte de mãe do vendedor morto. Não foi informado se as vítimas usavam cinto de segurança.

Ford Ka colidiu contra o muro de uma casa, por volta das 2h desta terça-feira (9), em Santo André, após a dona de casa Maiara Caroline Sobral de Andrade, 29 anos, perder o controle do veículo. Ela, que não era habilitada, e o vendedor Bruno Ribeiro Zanelato, 37, morreram no local. Um barman de 35 anos, irmão por parte de mãe do vendedor, permanecia internado até a publicação desta reportagem. - Reprodução/TV Globo

O veículo ficou amassado na parte dianteira, avariando o muro da residência onde colidiu. Na casa, porém, não mora nenhuma pessoa, segundo a polícia, que investiga o que teria feito a dona de casa perder o controle do carro.

O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi ao local, constatando a morte de Maiara e Zanelato. O barman foi encaminhado, em seguida, para o pronto-socorro central de São Bernardo do Campo, também no ABC.

Segundo a unidade de saúde, sob gestão de Orlando Morando (PSDB), o barman fraturou o ombro e foi socorrido, com a colocação de um colar cervical. Ele teve alta da unidade de saúde ainda nesta terça.

Imagens enviadas ao Agora mostram o interior do carro, onde é possível identificar uma garrafa de bebida alcoólica, ainda cheia.

Garrafa de bebida alcoólica foi encontrada no interior de um carro, onde dois ocupantes morreram após o veículo colidir contra o muro de uma casa, por volta das 2h desta terça-feira (9), em Santo André (ABC) - Divulgação/Polícia Civil

As vítimas trafegavam pela cidade em um horário não permitido, pois a Prefeitura de Santo André, gestão Paulo Serra (PSDB), entrou na fase vermelha do Plano São Paulo, do governo estadual, a 0h deste sábado (6).

Segundo o governo municipal, até o próximo dia 19, somente serviços considerados essenciais poderão funcionar na cidade (mercados, padarias e farmácias) e a circulação de pessoas e veículos nas ruas está restrita entre 20h e 5h, sendo permitido em casos de urgência e emergência.

O caso foi registrado como lesão corporal e homicídio culposo (sem intenção) na direção de veículo automotor, no 1º DP de Santo André, que investiga o caso. Exames toxicológicos foram requisitados, para verificar se de fato as vítimas beberam e quanto eventualmente consumiram de álcool.

Em todo o ano passado, a cidade do ABC registrou 11 mortes em acidentes de trânsito, segundo a SSP (Secretaria da Segurança Pública), gestão (PSDB). Em janeito deste ano, ainda segundo a mais recente atualização da pasta, foi computado somente um caso.

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.