Passeio palmeirense no Allianz Parque

Verdão dá mostras de força para brigar pelo bicampeonato, mas Ricardo Goulart deixa o jogo machucado

Marcelo Mora
São Paulo

O Palmeiras começou o Brasileirão com força total. A goleada de 4 a 0 do atual campeão sobre o vencedor da Segundona, o Fortaleza, só não foi mais tranquila por conta da atuação do VAR e de um erro primário do árbitro no primeiro tempo, ontem, no Allianz Parque.

Ao partir em velocidade pela direita, o atacante Dudu foi derrubado, mas se levantou rapidamente e partiu livre em direção ao gol. O juiz não deu a vantagem e assinalou a falta, para profunda irritação de todos.

O jogador Zé Rafael, do Palmeiras, comemora o primeiro de seus dois gols contra o Fortaleza pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro, no Allianz Parque
O jogador Zé Rafael, do Palmeiras, comemora o primeiro de seus dois gols contra o Fortaleza pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro, no Allianz Parque - Cesar Greco/Palmeiras/Divulgação

De tão gritante o erro, vários jogadores palmeirenses foram para cima do juiz Bráulio da Silva Machado assim que apitou o fim da etapa. De resultado, um cartão amarelo para Deyverson.

Nem o campo encharcado devido à forte chuva do final da tarde foi empecilho para o Palmeiras dominar o adversário e construir a vitória. Até mesmo a falta de sorte do atacante Ricardo Goulart, que voltou a sentir lesão e teve de ser substituído com apenas sete minutos de bola rolando, acabou se tornando providencial para o Palmeiras e, principalmente, para o meia Zé Rafael, que, sem esperar, ganhou e aproveitou bem a chance no time.

Com a entrada dele, pela meia esquerda, Dudu passou a atuar mais pelo meio, enquanto Gustavo Scarpa caía pela direita. Logo aos 8min, Deyverson recebeu cruzamento na área, rolou para Bruno Henrique, que bateu forte. Felipe Alves rebateu a bola nos pés de Dudu, que mandou para a rede. O árbitro assinalou o impedimento antes mesmo da confirmação pelo VAR, que só ratificou a marcação.

O Verdão tomou conta do jogo e o gol passou a ser questão de tempo. E veio aos 16min. Diogo Barbosa cruzou e Zé Rafael entrou pela meia esquerda da área, dominou e bateu rasteiro e cruzado, surpreendendo o goleiro. Diante do bombardeio sofrido, começou a brilhar a estrela do goleiro Felipe Alves, do Fortaleza. Aos 27min, fez incrível defesa em chute à queima-roupa de Dudu.

O segundo tempo começou com o Verdão em cima, obrigando Felipe Alves a seguidas boas intervenções. Coube a Zé Rafael liquidar a fatura: deu o passe para o gol de Marcos Rocha e fez mais um, o segundo dele no jogo. Bruno Henrique só decretou a goleada: 4 a 0.

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.