Palmeiras segue líder e invicto no Brasileiro

Alviverde vence o Botafogo no Mané Garrincha com gol de pênalti

Com os braços abertos e um sorriso no rosto, o paraguaio Gustavo Gómez comemora o gol da vitória palmeirense
Com os braços abertos e um sorriso no rosto, o paraguaio Gustavo Gómez comemora o gol da vitória palmeirense - Cesar Greco/Palmeiras/Divulgação
Luciano Trindade

Em Brasília, Palmeiras e Botafogo se enfrentaram ontem, com mando de campo do time carioca. Mas quem se sentiu em casa foi o Verdão, que dominou a partida e foi premiado pela insistência: venceu por 1 a 0, gol de pênalti, anotado pelo zagueiro Gustavo Gómez.

A vitória magra foi suficiente para manter a invencibilidade alviverde no Nacional. Após seis rodadas, o time acumula 88% de aproveitamento, com cinco vitórias e um empate.

Com este desempenho, nenhuma equipe vai conseguir tirar do Verdão a liderança até a próxima rodada.
Desde o início do jogo diante do Fogão, o Palmeiras mostrou o por que ainda não foi batido no torneio.
Até os torcedores botafoguenses vão reconhecer que parecia jogo de time grande contra time pequeno, tamanha era a vontade do Verdão de atacar e a necessidade do Fogão de se limitar a defender.
Para a sorte do goleiro Gatito, os palmeirenses só pecavam justamente no arremate final e a primeira etapa terminou sem gols.

Na volta do intervalo, era difícil imaginar que o goleiro paraguaio iria passar ileso. Com o mesmo ímpeto da etapa inicial, o Palmeiras, enfim, chegou ao gol, aos 16min, de pênalti.

A infração dentro da área foi cometida por Gabriel, que pisou no pé de Deyverson, isso aos 10min. Mesmo com o auxílio do VAR (árbitro de vídeo), o juiz Paulo Roberto Alves Júnior demorou seis minutos para analisar o lance e mudar sua interpretação—ele havia amarelado o atacante alviverde por simulação.

Na cobrança, Gustavo Gómez coroou sua excelente atuação na defesa com um chute preciso, no canto direito do goleiro: 1 a 0.

Atrás no placar, não havia mais como os “donos da casa”, ficarem apenas na defesa, o que abriria mais espaço para os palmeirenses.

E foi justamente o que aconteceu. O Palmeiras bombardeou o Botafogo até o final da partida em busca do segundo gol.

O time de Felipão terminou o duelo com o dobro de finalizações, 16 contra 8, mas não conseguiu mais balançar as redes. Pelo menos Weverton também pouco trabalhava lá atrás.

Era só questão de tempo para o Verdão completar o seu 29º jogo invicto no Campeonato Brasileiro, somando a campanha da temporada passada, quando o time terminou como campeão.

Depois de Brasília, a próxima escala alviverde será em Chapecó, onde encara a Chapecoense, no dia 2.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.