Descrição de chapéu Opinião

Caneladas do Vitão: Balanço do 1º turno e as projeções do Brasileirão

Vitor Guedes
São Paulo

O balancê, balancê, quero dançar com você, entra na roda, morena pra ver, o balancê, balancê... Alô, povão, agora é fé! Encerrado o primeiro turno do interminável Campeonato Brasileiro de pontozzz corridozzz, a constatação, óbvia, é que, para desespero dos exus-planejadores, os dois candidatos ao título —o favorito Flamengo e o perseguidor Palmeiras— melhoraram quando mudaram de técnico com o certame em andamento... Nada indica que, pela bola que estavam jogando, brigariam pelo caneco com Abel Braga e Luiz Felipe Scolari.

O atacante rubro-negro Gabigol comemora um de seus gols com o técnico Jorge Jesus, que escala os jogadores em suas posições originais, sem inventar moda
O atacante rubro-negro Gabigol comemora um de seus gols com o técnico Jorge Jesus, que escala os jogadores em suas posições originais, sem inventar moda - Mauro Pimentel - 31.jul.19/AFP

Analisemos o Flamengo, o melhor time, disparado. Jorge Jesus, que não é o reinventor da roda nem o novo Rinus Michels, escala os melhores jogadores, cada um na sua posição. No Flamengo, olha que diferente, atacante tem, como prioridade, atacar, não marcar lateral, volante inicia o jogo, meia arma, finaliza e chega nos atacantes. E goleiro tem que pegar a bola com a mão. Os laterais? Marcam e podem jogar, não necessariamente irem ao fundo, mas aparecerem para tabelar e jogar com os meio-campistas.

Alguém dirá que o Flamengo pode ter problemas no returno porque, ao contrário de Palmeiras, Santos e São Paulo, por exemplo, não podem se dedicar exclusivamente ao Brasileirão... E daí? Quanto mais tempo tem para trabalhar, menos o Tricolor de Cuca entrega... Vai ver é culpa da imprensa o fato de Daniel Alves não conseguir marcar o Apodi, de Pato não jogar nada, de a equipe não ter qualquer repertório ofensivo e de ter o pior rendimento como mandante na temporada dentre os 20 times que disputam a Série A...

Por falar em piores, não há nada que justifique imaginar que Avaí, Chapecoense e CSA escapem da degola. O Cruzeiro, que hoje está no Z-4, e o Fluminense, grandes que correm mais riscos, devem ser salvos pelo Goiás.

A tendência é que, com muita antecedência, tudo esteja decidido e a gente fique até dezembro enrolando linguiça para constatar o que todo mundo já sabe que vai acontecer...

Volta, mata-mata!

Eu sou o Vitor Guedes e tenho um nome a zelar. E zelar, claro, vem de ZL. É tudo nosso! É nóis na banca!

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.