São Paulo sofre para empatar com CSA

Time evita derrota, mas não as vaias no Morumbi

Marcelo Mora
São Paulo

O São Paulo, dono da segunda melhor defesa do Campeonato Brasileiro, sofreu um gol do CSA, que tem o pior ataque, na noite de domingo (15), e teve de suar para buscar o empate por 1 a 1. A igualdade só veio no final do segundo tempo, no Morumbi, no jogo que fechou o primeiro turno.

Os gols saíram na etapa final: Bustamante para a formação alagoana, aos 9min, e Reinaldo, aos 42min, para os donos da casa, vaiados ao apito final.

A quarta partida seguida sem vitória impediu o time de Cuca de pular para a quarta colocação da tabela. Estacionado nos 32, terminou o primeiro turno em sexto lugar, a dez pontos do primeiro colocado.

Cuca não conseguiu levar o São Paulo à vitória em nenhum dos últimos quatro jogos - Diego Vara - 7.set.19/Reuters

O CSA, com 16, continua na zona de rebaixamento. E a posição da equipe tornava previsível imaginar os visitantes fechados no estádio tricolor.

Para abrir a defesa, os são-paulinos arriscaram chutes da entrada da área logo no início do jogo. Aos 9min, Hernanes, que retornou ao time, livrou-se de seu marcador e bateu de esquerda, direto nas mãos de Jordi. Menos de um minuto depois, foi a vez de Liziero arriscar, com a bola passando perto do travessão.

O centroavante Pablo, que retornou a equipe titular após se recuperar de lesão, apareceu bem no ataque aos 15min e aos 20min, mas errou a pontaria.

O time alagoano arriscou o primeiro chute a gol apenas aos 30min, com Euller batendo de longa distância, à esquerda da meta de Volpi.

Os são-paulinos continuaram a bombardear a meta de Jordi, que fez as vezes até de becão, dando bico para fora do campo e tendo de correr de volta para afastar pelo alto na pequena área, após Reinado cobrar rapidamente o lateral.

O Tricolor continuou pressionando no segundo tempo, mas continuou também falhando nas finalizações. Aos 4min, Euller mandou na trave esquerda de Volpi, dando o primeiro susto na torcida presente.

O castigo veio aos 9min, quando Apodi escapou pela esquerda e rolou para Alecsandro, que tentou abrir espaço para bater na área. A bola sobrou para Naldo, que só tocou para Bustamante fazer 1 a 0 para o CSA.

A partir daí, o Tricolor se desorganizou em campo e passou a atacar na base da pressão. O empate só veio aos 42min, após cobrança de falta de Daniel Alves. Jordi saiu mal do gol e Reinaldo conseguiu tocar para o fundo da rede —evitando a derrota, mas não as vaias de uma torcida insatisfeita.

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.