Descrição de chapéu Opinião

Caneladas do Vitão: Adversário é a esperança para os rivais no Majestoso

Vitor Guedes
São Paulo

Domingo quero te encontrar e desabafar todo o meu sofrer, estar ao seu lado, esquecer de tudo, tudo que o amor até hoje nos fez sofrer... Alô, povão, agora é fé! Sem chances de fazerem cócegas ao líder Flamengo e, pois, de brigarem à vera pelo título brasileiro, São Paulo e Corinthians fazem, no exótico horário das 18h, no Morumbi, confronto direto na luta por uma vaguinha à Libertadores-2020, clássico em que cada torcida só vê no rival razão para otimismo.

Hudson e Mateus Vital durante o Majestoso do primeiro turno do Brasileirão, vencido pelo Corinthians por 1 a 0, com gol de Pedrinho
Hudson e Mateus Vital durante o Majestoso do primeiro turno do Brasileirão, vencido pelo Corinthians por 1 a 0, com gol de Pedrinho - Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians/Divulgação

O Tricolor, freguês no histórico total e também no recente dos Majestosos, sabe que vai enfrentar um adversário que sofre muito para criar uma reles chance de gol. Sofrimento maior só de quem tenta explicar como esse time se mantém no G-4 e de quem edita os melhores momentos dos jogos da equipe. E, pior do que isso, apesar dos números apontarem o Alvinegro como a melhor defesa da competição, os reservas do Furacão e o Independiente del Valle mostraram que está mais fácil entrar na cozinha mosqueteira...

Já o Timão tem pela frente uma equipe que, além de ter um péssimo desempenho em clássicos e de viver o maior jejum de títulos dentre as grandes do país, tem no ano mais contusões e jogos do que gols… E jogar no Morumbi, especialmente em um 13 de outubro, costuma dar sorte ao time do povo...

O empate, até por jogar fora de casa, com torcida única adversária (aberração aqui neste espaço sempre combatida!), é melhor para o atual tricampeão paulista. Já o Tricolor, que não venceu o rival na temporada, ultrapassa o Coringão na tabela de classificação caso vença por dois ou mais gols de diferença.

Tem tudo para ser um jogo fraco, embora eu sempre tenha a esperança de errar o prognóstico. E, independentemente de como for, seria melhor se o lixo do calendário da CBF respeitasse data Fifa. Pedrinho e Daniel Alves farão falta.

Vamos, São Paulo!

Vai, Corinthians!

Charles Bukowski: “Minha ambição é prejudicada pela preguiça.”

Eu sou o Vitor Guedes e tenho um nome a zelar. E zelar, claro, vem de ZL. É tudo nosso! É nóis na banca!

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.