Descrição de chapéu Opinião

Caneladas do Vitão: PSG perde, mas elimina Bayern no bizarro critério do gol fora

Time francês aguentou a pressão final do atual campeão da Liga dos Campeões

São Paulo

Chega como eu cheguei... Alô, povão, agora é fé! O Paris Saint-Germain fez um jogo melhor na derrota por 1 a 0 em Paris do que na vitória por 3 a 2 em Munique e, no 3 a 3 agregado, avançou porque venceu por 2 a 1 no bizarro e tradicional critério do gol qualificado como visitante.

Ontem, Choupo-Moting, substituto de Lewandowski, fez o gol solitário no primeiro tempo. O PSG não marcou, mas bateu três vezes na trave com Neymar, o melhor em campo ao lado de Neuer. No final, rolou abafa alemão, mas a equipe francesa teve maturidade para controlar o tempo e o placar.

Neymar tenta passar por David Alaba (à esq.), do Bayern de Munique, no duelo em Paris; o brasileiro foi o melhor do jogo, ao lado do goleiro alemão Neuer
Neymar tenta passar por David Alaba (à esq.), do Bayern de Munique, no duelo em Paris; o brasileiro foi o melhor do jogo, ao lado do goleiro alemão Neuer - Franck Fife/AFP

Em tempo: pau que bate em Chico bate em Francisco e o regulamento, imbecil, é antigo e vale para todos! No entanto, se sempre foi ridículo valorizar gol de forma diferente pelo local em que ele foi marcado, mais bizarro e injusto ainda quando não há torcida no estádio nem na ida, nem na volta...

Dito isso, como não teve roubo do apito nem do VAR e a classificação veio dentro das regras, não há o que questionar a classificação do PSG. Que, após eliminar Barça e Bayern, chegará com moral para encarar Borussia Dortmund ou, mais provável, Manchester City.

Do outro lado, o Chelsea, que foi derrotado pelo Porto por uma pintura de bicicleta de Taremi no último lance, já havia "garantido" a vaga no 2 a 0 na ida e, venha Liverpool ou, provavelmente, Real Madrid, será zebra nas semifinais. Como, registre, era azarão no título de 2012 que o qualificou para perder o Mundial para o Corinthians.

Aos 52 anos e histórico de atleta campeã mundial de basquete, Ruth de Souza é uma das 358.718 vítimas fatais da "gripezinha"! Eis o resultado do desgoverno Bolsonaro e sua política genocida de abrir mão de milhões de vacinas, ironizar distanciamento social e apostar em cloroquina e tratamento precoce. Nunca foi uma escolha difícil! Essa culpa eu não carrego! Viva a memória!

Machado de Assis: "As ocasiões fazem as revoluções".

Eu sou o Vitor Guedes e tenho um nome a zelar. E zelar, claro, vem de ZL. É tudo nosso! É nóis na banca! No agora.com.br! E no youtube.com/blogdovitao!

Recopa

Com o 2 a 1 na Argentina, o Palmeiras dobrou o favoritismo para conquistar a Recopa. Certeza é que, caso dê zebra, o Palmeiras (que ficou feliz da vida com o gol argentino anulado na ida por impedimento interpretativo) culpará o apito e Abel Ferreira dará o costumeiro chilique. Palpite: Palmeiras 1 x 0 Defensa y Justicia.

CovidãoSP
No ritmo insano de jogo dia sim, outro também, no cronograma que coloca a entrega do contrato dos jogos acima das vidas e do bom senso esportivo, tem mais partidas hoje. Amanhã, depois de amanhã, e no dia seguinte também! Palpites: São Paulo 2 x 0 Guarani, Ituano 2 x 0 Botafogo e São Caetano 0 x 1 Novorizontino.

Vitor Guedes
Vitor Guedes

44 anos, é ZL, jornalista formado e pós-graduado pela Universidade Metodista de São Paulo, comentarista esportivo, equilibrado e pai do Basílio.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.