Funcionalismo: projeto propõe elevar idade na Polícia Militar

Deputada quer que idade-limite para entrar na corporação suba para 35 anos; hoje é 30 anos

Laísa Dall'Agnol
São Paulo

Está em andamento na Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo) um projeto de lei que quer aumentar em cinco anos a idade máxima para ingresso na Polícia Militar do estado.

Soldado da Polícia Militar de São Paulo com seu distintivo
Karime Xavier -26.mar.2018/Folhapress

Atualmente, para prestar concurso para entrar na corporação, os candidatos podem ter no máximo 30 anos.

O projeto, da deputada Leticia Aguiar (PSL), cita o aumento do desemprego entre homens e mulheres de 35 a 40 anos e do percentual de chefes de família desempregados, entre 40 e 59 anos.

Para a parlamentar, a definição de idade tão baixa é ruim no país. “No Brasil, se você tem de 18 a 25 anos é muito novo para trabalhar, se tem mais de 35 é novo para se aposentar e velho para trabalhar”, disse. 

Atualmente, para ingressar no concurso da Polícia Militar de SP para o cargo de soldado é necessário ter idade de 17 a 30 anos. 

O limite de idade poderá passar a ser de 35 anos. O projeto também prevê outras alterações.

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.