Descrição de chapéu INSS

Prova de vida do INSS a distância começa testes em agosto

Tecnologia permite reconhecimento de característica física e será usada em testes

Clayton Castelani
São Paulo

O INSS começará a testar em agosto sistemas de biometria para a realização da prova anual de vida.

A expectativa do instituto é utilizar tecnologias como o reconhecimento facial pelo telefone celular para dispensar o beneficiário do comparecimento aos postos da Previdência ou às agências bancárias.

Informações biométricas (características físicas) começarão a ser cadastradas em agências da Previdência, onde segurados que forem ao local para resolver pendências ou solicitar serviços serão orientados sobre o cadastro, informou o diretor de atendimento do INSS, Clóvis de Castro Júnior.

Questionado sobre quando o reconhecimento por biometria começará a ser aplicado, o INSS apenas informou que iniciará o trabalho aos poucos, nas cidades com maior número de beneficiários com informações cadastradas.

Para avançar com a prova de vida a distância, o órgão também espera contar com os bancos pagadores de benefícios que já utilizam a tecnologia.

Hoje, a prova de vida é realizada preferencialmente nas agências bancárias, mas também pode ocorrer nas agências da Previdência para maiores de 60 anos mediante agendamento. 

Segurados acima de 80 anos ou que não podem se deslocar por motivo de doença conseguem solicitar atendimento no domicílio. 

Sistemas de reconhecimento facial já disponíveis no mercado poderiam aumentar a segurança da prova de vida do INSS, avalia Leonardo Gonçalves, diretor comercial da Certisign, empresa especializada em certificação digital.

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.