Descrição de chapéu Defesa do Cidadão

Cliente reclama de juros da Crefisa; veja outras reclamações

Financeira está cobrando juros altos por empréstimo, afirma aposentado

Havolene Valinhos Laíssa Barros
São Paulo

O aposentado Pedro M. Neto, 80 anos, de Guarulhos (Grande SP), conta que fez um empréstimo de R$ 2.000 com a Crefisa, mas afirma que a financeira está cobrando juros abusivos. “Pedi R$ 2.000 emprestados e estão cobrando quase R$ 8.000, quatro vezes a mais”, queixa-se. 

Consumidor afirma que pegou um empréstimo de R$ 2.000, mas terá que pagar para Crefisa quase R$ 8.000
Consumidor afirma que pegou um empréstimo de R$ 2.000, mas terá que pagar para Crefisa quase R$ 8.000 - Gabriel Cabral/Folhapress 21 Fev.2019

O leitor afirma que estava pagando uma prestação de R$ 450 e, após negociar com a empresa, o valor mensal caiu para R$ 310. Mesmo assim ele afirma não ter condições de arcar com a parcela.

“Primeiro, eram 11 vezes de R$ 450, mas disseram que o banco não autorizou o débito em conta e, então, isso se transformou em 24 parcelas de R$ 310, ou seja, R$ 7.440. Já paguei cinco prestações. Nem estou dormindo direito “, diz.

“Peço a intervenção do Defesa do Cidadão para resolver esse problema com a Crefisa. Eles exploram a gente. Realmente só contratei o empréstimo na época porque precisei, mas gostaria de alertar outros aposentados sobre esse tipo de situação.” 

Crefisa 
Tel.: 0800-7274884

Empresa faz renegociação de consignado

A Crefisa informa, por meio de nota de sua assessoria de imprensa, que foi estabelecido um acordo entre as partes. Segundo a empresa, o leitor pagará o total de R$ 1.600,20, em 14 prestações de R$ 114,30.
Em novo contato com o Agora, o aposentado confirmou a informação. “Graças à intervenção do jornal, fizeram uma renegociação.

_________________________________________________________________________

Veja outras reclamações

Educação 

A dona de casa Selma Martins Silva e Lins, 41 anos, do Barro Branco (zona leste), informa que o material escolar do semestre não foi entregue para mais de 150 crianças na Emef Mailson Delane (zona leste).

Resposta 

A Secretaria Municipal da Educação informa que a Diretoria Regional de Educação Guaianases encaminhou kits para todos os estudantes da escola. O órgão diz ainda que todos os alunos terão acesso ao material até o final desta semana.

TIM

O aposentado Reinaldo de Oliveira, 72 anos, de Osasco (Grande SP), afirma que pagou sua conta de telefone em cinco vezes, mas a TIM não finalizou o caso. “A empresa alegou que não recebeu a última parcela, mas paguei.” 

Resposta

A TIM informa, por meio de nota de sua assessoria de imprensa, que foi feita a compensação do valor de R$ 39 na fatura com vencimento em julho, restando a pagar R$ 12, e que foi encaminhado boleto.

Saúde

Merenice da Silva, 57 anos, afirma ter deficiência física e, em dezembro de 2018 , passei por uma avaliação na UBS da Vila Prudente (zona leste) para receber da prefeitura muletas canadenses e uma cadeira de rodas. O médico disse que não iria demorar para me entregarem os equipamentos, mas, até hoje, não recebi nada. 

Resposta

Até a conclusão desta edição, a Prefeitura de SP não havia se manifestado.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.