Descrição de chapéu Zona Leste

Tatuapé é bairro com seguro de carro mais caro na capital

Valor ultrapassa os R$ 8.000 para um veículo popular 0 km

Leonardo Zvarick Mariangela de Castro
São Paulo

O bairro mais caro para se contratar seguro automotivo em São Paulo é o Tatuapé (zona leste), com preços que ultrapassam os R$ 8.000 para um carro popular 0 km. As informações são de uma pesquisa do site ComparaOnline, que realizou simulações em seguradoras distribuídas em quatro bairros por região da cidade.

Carros estacionados em rua no Tatuapé (zona leste), bairro com o seguro automotivo mais caro da capital - Rivaldo Gomes/Folhapress

Os orçamentos foram feitos com base em um mesmo perfil de veículo e condutor, homem de 25 anos. A empresa escolheu bairros populosos e distantes um do outro, para mostrar a variação.

Segundo os dados obtidos no estudo, a média do valor no Tatuapé é 191% mais caro que na Vila Nova Conceição (zona sul), onde foi encontrado o menor preço médio da cidade. No bairro da zona leste, este valor ficou em R$ 4.863,75, ante R$ 1.668,49 na área nobre da zona sul. Em toda a capital, a média foi R$ 2.833.

Leandro Panica, dono da seguradora LesteSeg, que atua na região, atribui o preço alto ao número elevado de furtos de veículos. "É muito comum ter o carro levado quando deixa parado na rua", disse.

De acordo com dados da SSP (Secretaria de Segurança Pública), o Tatuapé registrou 242 crimes do tipo no primeiro trimestre do ano. O volume é o terceiro maior de toda a cidade, o que justificaria o preço alto.

Os dados oficiais sobre criminalidade, entretanto, não são o único fator levado em conta por seguradoras. Pinheiros (zona oeste), por exemplo, foi o bairro campeão em furtos nos três primeiros meses de 2019, mas tem um dos seguros mais baratos da cidade.

O executivo do ComparaOnline, Paulo Marchetti, diz que isso se deve principalmente à frota de veículos em Pinheiros ser maior do que a do Tatuapé. "Com mais segurados, a empresa dilui o risco e pode baixar o preço."

Facilidade na fuga

Outro fator importante para o valor alto do seguro auto no Tatuapé é a facilidade de se deixar o bairro por vias expressas, como a marginal Tietê e Radial Leste, que funcionam como rotas de fuga para criminosos, explica Paulo Marchetti.

"Enquanto isso, existem bairros em que é comum o motorista se perder, como é o caso da Vila Nova Conceição. Isso aumenta o risco para as seguradoras e acaba revertendo no preço", disse. 

Marchetti ainda diz que as seguradoras usam dados próprios, além dos públicos, na definição dos valores, por isso os preços são tão diferentes. "Isso explica valores muito acima da média, como acontece no tatuapé."

Zona leste

Dados da SSP mostram que das dez delegacias onde mais se registram roubos na capital durante o primeiro trimestre deste ano, sete estão na zona leste. Nessa lista, o Tatuapé é o terceiro em número total de casos, com 242 registros.

Quando se leva em conta o crime de roubo, a distribuição na cidade é ainda mais concentrada nos extremos. Das dez delegacias com o maior número de registros, cinco estão na zona leste e outras cinco na zona sul. Com exceção do 35º DP (Jabaquara), todas ficam em regiões periféricas da cidade.

O campeão, São Mateus, teve 249 roubos de carros no período. Em número de furtos, o 49º DP, que atende o bairro, é o quinto colocado, com 214 registros. Uma empresa se recusou a fazer o orçamento de seguro para o bairro na pesquisa do ComparaOnline.

Resposta

Em nota, a SSP-SP (Secretaria da Segurança Pública), sob gestão de João Doria (PSDB), disse que monitora pontos com maior incidência de roubos e furtos no Tatuapé, a fim de identificar quadrilhas que atuem na região.

Além disso, a pasta diz buscar localizar possíveis desmanches clandestinos e pontos de venda de peças usadas que possam ter origem clandestina.

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.