Tentativa de suicídio levou a assassino de filha e enteada

Açougueiro tentou se esconder em Santos e foi encontrado pela polícia

Alfredo Henrique
São Paulo

Uma antiga tentativa de suicídio fez com que a polícia prendesse, na noite desta quarta-feira (15) em Santos (72 km de SP), um açougueiro que confessou ter matado asfixiadas a filha, 3 anos, e a enteada, 8.

O duplo assassinato ocorreu na madrugada de quarta-feira (14), em Guarulhos (Grande SP), e foi motivado por ciúmes. 

Segundo o delegado Wagner Terribilli, do SHPP (Setor de Homicídios e Proteção à Pessoa), uma parente do criminoso comentou que ele havia tentado se matar afogado, no passado, em Santos. "Antes dessa informação, não tínhamos ideia de onde começar a procurar por ele", disse o policial. 

O acusado foi detido, por volta das 19h, após um culto evangélico. Como ele não tem carro, segundo Terribilli, policiais foram até a rodoviária de Santos e fizeram uma varredura pela região, até encontrar o criminoso. 

O delegado disse que o açougueiro confessou ter matado primeiro a enteada, esganando-a com o braço e depois sufocando-a contra o colchão. Em seguida, fez a mesma coisa com a filha. 

Parentes encontraram as crianças mortas, sobre a cama da mãe, abraçadas e cobertas com uma camiseta, na qual havia a foto da mãe e do açougueiro.

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.