Descrição de chapéu Zona Sul

Polícia encontra fábrica clandestina de balões na capital paulista

Também foram encontradas no local 17 aves silvestres mantidas irregularmente

Alfredo Henrique
São Paulo

A polícia descobriu uma fábrica clandestina de balões, por volta das 17h30 desta quinta-feira, dentro de uma casa na região do Jardim São Luís (zona sul da capital paulista). Além disso, também foram apreendidas 16 maritacas e um papagaio no local. 

Segundo a Polícia Civil, uma denúncia anônima indicou que no local são feitos balões. Produzir, vender e soltar balões é considerado crime ambiental, com penas que variam de um a três anos, além de multa.

A polícia descobriu uma fábrica clandestina de balões, por volta das 17h30 desta quinta-feira (27), dentro de uma casa na região do Jardim São Luís (zona sul da capital paulista). - Polícia Civil/ Divulgação

No local, investigadores da 1ª Delegacia do Meio Ambiente encontraram balões já prontos, além de materiais para a produção deles como papel, pólvora, estruturas de madeira e fogos de artifício. Após prontos, os balões eram vendidas na região onde ocorreu o flagrante.  

Quando os policiais chegaram ao local, o responsável pela fábrica não estava. Porém, segundo a polícia, ele será indiciado por crime ambiental por manter a fábrica, além das aves silvestres em sua casa. 

Fábrica clandestina de balões funcionava dentro de uma residência, na zona sul da capital paulista - Polícia Civil/Divulgação
Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.