Descrição de chapéu Zona Leste

Aulas são suspensas em escola que teve diretora agredida

Dois adolescentes de 13 anos são acusados de violência em colégio da zona sul de SP

Regiane Soares
São Paulo

As aulas na Escola Municipal General Osório, na Vila Prudente (zona leste), foram suspensas por dois dias nesta semana depois que dois alunos de 13 anos agrediram a diretora e uma funcionária da unidade na sexta-feira passada (9).

Com apoio dos pais, professores se recusaram a assinar o ponto e reivindicam mais segurança para trabalhar. Uma reunião do Conselho de Escola foi convocada para terça-feira (20) para discutir a violência.

Segundo funcionários ouvidos pela reportagem na condição de anonimato, a confusão começou após o intervalo, quando os dois alunos envolvidos na confusão foram para a sala de informática, em vez de irem para a sala de aula.

“Eles começaram a gritar e a diretora ouviu e foi ver o que estava acontecendo. Eles estavam alterados porque uma aluna tinha contado o que eles estavam fazendo na quadra [usado droga]. A diretora pediu para eles saírem, mas ficaram debochando dela”, disse uma funcionária.

A diretora pediu para um dos alunos tirar o boné. Como ele se recusou, ela tirou e começou a confusão. “Um deles empurrou a diretora e tiraram o boné da mão dela na base do tapa. Quando eles saíram da sala de informática, os dois avançaram na diretora e eles caíram. Foi um horror”, disse uma outra funcionária.

Com ajuda de outros funcionários, a briga foi apartada e a escola chamou os pais dos alunos envolvidos na confusão. 

A GCM (Guarda Civil Metropolitana) foi acionada pela escola. A diretora, os alunos e os funcionários envolvidos foram para o 42º DP (Parque São Lucas), onde acabou registrado boletim de ocorrência de ato infracional de lesão corporal.

Segundo a Polícia Civil, o inquérito será apresentado ao Ministério Público, que deverá ouvir os envolvidos. A diretora passa bem.

Resposta

A Secretaria Municipal de Educação, da gestão Bruno Covas (PSDB), afirma que os alunos envolvidos na agressão na Escola Municipal General Osório estão suspensos até terça-feira (20), e as aulas “ocorrem normalmente” na unidade.

Segundo a secretaria, os responsáveis pelos alunos foram acionados e o caso está sendo acompanhado pela comissão de mediação de conflitos, a supervisão escolar e o Núcleo de Apoio e Acompanhamento para a Aprendizagem.

A pasta disse ainda que tomou todas as medidas pedagógicas cabíveis dentro das diretrizes legais.

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.