Falsos policiais são presos antes de tentarem assaltar casa de empresário

Acusados iriam usar falsos mandados de busca e apreensão para entrar na casa da vítima

Alfredo Henrique
São Paulo

A polícia prendeu três suspeitos que pretendiam assaltar a casa de um empresário, fingindo ser policiais civis, por volta das 7h30 desta sexta-feira (1º) em Guarulhos (Grande SP). O trio iria apresentar falsos mandados de busca e apreensão, para ingressar na casa da vítima, e em seguida realizar o roubo. 

Segundo a chefia de investigações da Dise (Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes), a especializada recebeu informações de que o trio iria realizar um assalto na casa de um empresário, que guardaria grande quantia de dinheiro na residência casa, em uma região da cidade conhecida como “Lago dos Patos”. “Para isso, eles iriam se passar por policiais para enganar a vítima e entrar sem problemas na residência”, explicou um policial, que pediu anonimato. 

Com os suspeitos a polícia apreendeu armas ilegais além de distintivos verdadeiros da Polícia Civil. Trio de criminosos, segundo a polícia, pretendia se passar por investigadores para roubar nesta sexta-feira (1º) a casa de um empresário em Guarulhos (Grande SP) - Divulgação/Polícia Civil

Os ladrões, segundo a polícia, se reuniram na quinta-feira (31) em um comércio, também em Guarulhos, para arquitetar o assalto e o ponto onde iriam se encontrar para ir à casa da vítima, nesta sexta. Para a ação, foram usados um Hyundai HB20 e um Ford Ka. 

Segundo o investigador ouvido pela reportagem, 29 policiais civis ficaram de campana no ponto de encontro dos criminosos. Quando os bandidos saíram com os carros, a polícia se dividiu, seguiu os veículos e os abordou. 

No Ford Ka, foram encontradas segundo a polícia munições e uma pistola calibre 380. Um suspeito, de 48 anos foi preso. No HB20, outra pistola calibre 380 também foi localizada, além de distintivos da Polícia Civil, toucas ninja e luvas cirúrgicas. Dois suspeitos, de 33 e 53 anos, foram detidos. 

Após a prisão do trio, no endereço onde os criminosos se reuniram na quinta, que não teve a região informada, policiais encontraram um revólver calibre 32, dentro de uma geladeira. Todas as armas apreendidas estavam com a numeração raspada, acrescentou a polícia. 

Dos três presos, dois contam de acordo com a polícia com histórico criminal: um tem passagens criminais por roubo a banco e a condomínios e outro por roubos de carga. O trio foi indiciado por porte ilegal de arma de fogo e por associação criminosa. 

A ação contou com apoio de policiais do Núcleo de Roubo de Cargas de Guarulhos e do Garra (Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos). 

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.