Descrição de chapéu Zona Norte

Escorpiões assustam moradores na zona norte de SP

Adolescente de 14 anos foi picada por um deles; vizinho pegou 7 em um dia

São Paulo

Moradores da rua Belarmino, na Vila Guilherme (zona norte de SP), têm visto escorpiões nas calçadas, nas garagens, nas casas e até nos próprios sapatos. 

Mesmo após agentes da Prefeitura de São Paulo irem até a região para uma ação de limpeza, ainda foi possível encontrá-los.

No último dia 1º, Alana Stefani Nascimento, 14 anos, pisou em um escorpião quando ia acender a luz de seu quarto e foi picada no pé, segundo a dona de casa Maria Eunice Belmiro Nascimento, 66, avó da jovem. Alana foi medicada e, segundo a família, passa bem.

Moradores afirmam que desde o ano passado a aparição de escorpiões e ratos tem sido frequente. Eles relatam que a situação piora quando chove forte, pois a rua alaga. Em dias assim é possível ver escorpiões nas paredes, afirma Marli Morgado Camargo de 73. Ela já encontrou três em casa.

O costureiro Jorge Serrudo, 42, chegou a encontrar sete escorpiões de uma só vez. Ele afirma que viu os animais tanto próximos de materiais de construção, usados em uma reforma, quanto dentro do banheiro de sua casa. “É só procurar com calma. Ele [o escorpião] sempre tá aí.”

Maria Eunice afirma estar dormindo de luz acesa e pensa em trocar o telhado de madeira para afastar os escorpiões. Depois que sua neta foi picada, ela diz que ligou na prefeitura para solicitar a limpeza da região, mas foi informada que seria atendida em dois meses.

Segundo moradores, funcionários da prefeitura estiveram na região segunda e terça-feira. No dia 6 eles entregaram panfletos com orientações, limparam bueiros e encontraram um escorpião. No dia 7, voltaram para coletar animais, mas não tiveram sucesso. Depois dessas ações, a reportagem esteve no local e viu um escorpião dentro da garagem de um morador.

Resposta

Em nota, a Prefeitura de São Paulo, sob gestão Bruno Covas (PSDB), por meio da Secretaria Municipal da Saúde, diz que as equipes da Unidade de Vigilância em Saúde Ambiental da Vila Maria/Vila Guilherme estiveram nesta segunda e terça-feira (6 e7) nas imediações da rua Belarmino para coleta de escorpiões e orientação da população.

“Desde novembro de 2018, o local tem recebido inspeções periódicas, com intensificações em períodos de chuva, com catação de escorpiões em bueiros. Com as chuvas ocorrem o desalojamentos destes, entre outros animais sinantrópicos, que procuram abrigos nas casas. Por esse motivo, o agente de vigilância orienta os moradores para vedarem ralas e frestas de parede e porta e manter o local limpo e organizado.”

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.