Descrição de chapéu Grande SP

Quem tem sintomas do coronavírus e foi a país afetado deve ir a posto médico

Coordenadora de Vigilância Sanitária diz que profissionais de saúde estão treinados em SP

São Paulo

A coordenadora da Covisa (Coordenadoria de Vigilância Sanitária), da gestão Bruno Covas (PSDB), Solange Sabóia, afirmou nesta quarta-feira (26) que somente deverá procurar o serviço de saúde pessoas que tenham o sintomas do coronavírus e que tenha visitado um dos países onde há casos da doença. Assim, a orientação é que a pessoa use máscaras.

De acordo com Solange, os profissionais da rede municipal de Saúde já foram treinados sobre como proceder em caso de suspeita do coronavírus. Já foram feitos dois treinamentos com as equipes e um terceiro, com os agentes de saúde, será realizado nas próximas semanas. 

Solange disse que todos os casos suspeitos de coronavírus estão sendo acompanhados para também saber com quantas pessoas houve o contato. Esse acompanhamento é feito por telefone. Mas, se necessário, os agentes de saúde vão até a casa das pessoas para saber se elas também apresentam sintomas da doença. 

"Estamos fazendo um rastreamento de todos os casos suspeitos desde o início do ano", afirmou. 

A coordenadora disse ainda que a chance maior de transmissão do coronavírus é quando o paciente apresenta os sintomas, por isso a necessidade de isolamento, como caso do empresário de 61 anos, que teve confirmada a doença na terça-feira passada (25).

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.