Descrição de chapéu Alalaô Zona Oeste

Adolescente dá à luz durante bloco Kondzilla em SP

Jovem de 17 anos, grávida de sete meses, entrou em trabalho de parto no meio da multidão

São Paulo

Uma adolescente de 17 anos deu à luz durante o bloco Kondzilla, neste domingo (1º), durante o pós-Carnaval da capital paulista, na região da Barra Funda (zona oeste). 

Segundo a Polícia Militar, a jovem abordou policiais que faziam a segurança do evento, afirmando sentir fortes dores na barriga. Por conta disso, a gestante estaria impossibilitada de andar. 

Ela foi colocada dentro da base Móvel da PM, onde policiais iniciaram o primeiro atendimento à jovem, que teve os batimentos cardíacos monitorados, além do intervalo entre contrações. 

Ainda segundo a PM, a adolescente começou a dar à luz dentro da base, fazendo com que os policiais abrissem caminho em meio à multidão, com cautela. Durante o trabalho de parto, a jovem afirmou aos PMs que sua gravidez, de sete meses, seria de risco. 

Bloco Kondzilla levou milhares de pessoas à avenida Marques de São Vicente, na zona oeste de SP - André Lucas/UOL

A adolescente foi encaminhada até o hospital municipal Mário Degni. Quando ela foi retirada da base móvel, e colocada em uma maca, a criança, do sexo feminino, nasceu. 

Segundo a prefeitura, gestão Bruno Covas (PSDB), o trabalho de parto começou na avenida Marquês de São Vicente. 

Após dar à luz, já em frente à unidade de saúde, mãe e filha foram internadas. O estado de saúde de mãe e filha é estável e elas não correm riscos, acrescentou o governo municipal. 

Durante o domingo, a Secretaria Municipal de Saúde realizou 342 atendimentos durante desfiles de blocos carnavalescos. Entre o pré e o pós-Carnaval, que contou com público estimado em cerca de 15 milhões de pessoas, foram 3.710 atendimentos.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.