Descrição de chapéu Grande SP

Prefeitura corta frota de ônibus pela metade em SP

Administração diz que houve queda de 70% no número de passageiros por causa da quarentena

São Paulo

O número de passageiros que utilizam os ônibus municipais na cidade de São Paulo caiu 70% em decorrência da pandemia do novo coronavírus, segundo a SPTrans (empresa responsável pelo transporte de ônibus). Como consequência, a frota de coletivos na capital será mantida em 55%, segundo afirmou a SPTrans na noite desta terça-feira (24).

Passageiros embarcam em ônibus no terminal Cidade Tiradentes, na zona leste de São Paulo - Rivaldo Gomes - 19.mar.2020/Folhapress

Em nota, a SPTrans disse que continuará monitorando diariamente a movimentação de passageiros e fará ajustes, se necessário, para atender com conforto e segurança a população. "A prioridade neste momento é manter o transporte disponível àqueles que prestam serviços essenciais na cidade e evitar a circulação desnecessária nas ruas da cidade", afirmou a empresa.

A SPTrans também reduziu a frota de ônibus que circulam de madrugada, que passou de 430 para 211 veículos. Todas as 150 linhas do Noturno continuam operando com intervalos maiores entre os veículos, segundo a empresa.

Para evitar a circulação de pessoas pela cidade e a disseminação do vírus, a SPTrans disse ainda que suspendeu as cotas do Bilhete Único Estudante a partir de segunda-feira (23) em razão da suspensão das aulas.

Já estudantes da área de saúde, que continuarão prestando serviços de atendimento essencial à população durante este período, terão as gratuidades mantidas.

A Secretaria de Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo também registrou redução de 65% no número de passageiros nos trens da CPTM, do metrô e nos ônibus intermunicipais que circulam na Grande São Paulo.

Guarulhos

A Prefeitura de Guarulhos, na Grande São Paulo, disse que a redução da frota de ônibus municipais está sendo feita de forma gradual. Baseada na demanda, já foi retirada 10% dos coletivos que rodam na cidade.

Segundo a prefeitura, com a queda de passageiros já em 60%, o número de ônibus será diminuído em 40% até a próxima quinta-feira (26). A partir de sexta-feira (27), a previsão é que 60% da frota seja recolhida. Por enquanto, não há supressão de nenhuma linha, diz a prefeitura.

A prefeitura afirmou ainda que, em dias normais, são transportados 481 mil passageiros por dia, em média.

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.