Cerca de 156 mil veículos já desceram para a Baixada Santista no feriadão

Segundo a Ecovias, esse é o maior movimento no sistema Anchieta-Imigrantes desde o início da pandemia

São Paulo

Aproximadamente 156 mil veículos desceram a serra em direção à Baixada Santista entre a sexta-feira (4) e as 18h deste sábado (5). De acordo com a Ecovias, concessionária que administra as rodovias que ligam a capital ao litoral sul de SP, o movimento provocado pelo feriadão do Dia da Independência foi o maior nas rodovias do sistema Anchieta-Imigrantes desde março, quando teve início a pandemia da Covid-19.

Lentidão na descida para o litoral paulista começou na tarde de sexta-feira (4); tráfego só foi normalizado por volta das 11h deste sábado (5) - Rivaldo Gomes/Folhapress

Já a Tamoios registrou um fluxo de 52 mil veículos no pedágio da pista sentido litoral norte, segundo a Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo). O número representa um aumento de 61,8% na comparação com o último fim de semana antes do início da quarentena.

Para dar conta da alta demada, a Ecovias implantou na noite de sexta-feira (4) a operação descida 7x3 - na qual a descida é feita pelas duas pistas da Anchieta e pela pista sul da Imigrantes, enquanto a subida é realizada pela pista norte da Imigrantes. Às 18h deste sábado, cerca de 73,7 mil veículos já haviam retornado a São Paulo.

O excesso de veículos provocou lentidão nas rodovias que levam ao litoral. Os congestionamentos começaram na tarde de sexta-feira e foram agravados por um acidente na altura do km 35 da Anchieta, em direção à Baixada Santista. O tráfego chegou a ser interrompido por volta das 16h para as operações de resgate, o que provocou filas entre o km 31 e o km 35.

As rodovias continuaram congestionadas até a manhã deste sábado, com o motorista tendo de reduzir a velocidade já na chegada ao litoral. A Ecovias informa que as condições do Sistema Anchieta Imigrantes foram normalizadas por volta das 11h. Às 15h30, a operação descida foi encerrada.

Para evitar aglomerações nas praias paulistas, o governo estadual anunciou o envio de 20 mil policiais militares para cidades litorâneas. Os agentes vão usar megafones para garantir o distanciamento social nas praias, bares e restaurantes, além de ajudar no trabalho de fiscalização do uso de máscaras.

Interior

O sistema Anhanguera-Bandeirantes registrou a passagem de 196 mil veículos em direção ao interior. Na rodovia Presidente Castello Branco foram contabilizados 57 mil carros na praça de pedágio de Itu (101 km de SP).

Nas rodovias Ayrton Senna e Carvalho Pinto, o movimento registrado foi de 166 mil veículos no sentido interior, um aumento de 28,4% na comparação com o último fim de semana antes da quarentena.

Antecipação de feriados

Em maio, quando a quarentena no estado estava em sua fase mais rigorosa, o governador João Doria (PSDB) e o prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), anunciaram a antecipação de feriados municipais e estaduais, com o objetivo de forçar o isolamento social. A medida foi acompanhada por diversos outros municípios da Grande São Paulo.

Os feriados que foram antecipados para maio foram os de Corpus Christi (11 de junho), Revolução Constitucionalista (9 de julho) e Consciência Negra (20 de novembro).

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.