Pastor e fiel morrem por afogamento após batismo em represa de SP

Religioso tentou ajudar presbítero que estava se afogando, mas ambos acabaram mortos em represa de Nazaré Paulista

São Paulo

Um pastor e um fiel de uma igreja evangélica morreram afogados pouco depois da realização de batismos, em uma represa na região de Nazaré Paulista (64 km de SP), por volta do meio-dia deste domingo (25).

Segundo uma testemunha, o pastor Davi dos Santos, 40 anos, batizou algumas pessoas, durante a manhã, na represa Atibainha. Os ritos religiosos foram acompanhados por algumas pessoas, entre elas, pelo presbítero Samuel Sérgio, 38.

O pastor evangélico Davi dos Santos, 40 anos (esq), morreu afogado ao tentar ajudar o presbítero Samuel Sérgio, 38, quando ambos estavam em uma represa de Nazaré Paulista (Grande SP) neste domingo (25). Antes das mortes, pessoas foram batizadas pelo religioso no local - Reprodução/redes sociais

Antes de os religiosos retornarem para casa, em Guarulhos (Grande SP), algumas pessoas resolveram se refrescar na represa. Instantes depois, Sérgio teria gritado por socorro, momento em que o pastor entrou na água para ajudar, sem sucesso, ao amigo e fiel da Assembleia de Deus.

Ambos morreram no local, como foi constatado após os corpos serem resgatados pelos bombeiros. As duas vítimas foram encaminhadas ao IML (Instituto Médico Legal). O caso foi registrado na delegacia de Nazaré Paulista como morte acidental.

Na redes sociais, amigos lamentaram a morte do pastor e do presbítero, que aparecem juntos em fotografias, uma delas inclusive durante um batismo em represa.

O estado de São Paulo tem registrado uma sequência de afogamentos. Somente no feriado de 12 de outubro foram 12 mortes.

Evite afogamentos e outros acidentes na água

As estatísticas apontam muitos casos de mortes entre pessoas que sabem nadar

Dicas gerais

  • Procure sempre local onde exista a presença de salva-vidas ou da equipe do Corpo de Bombeiros
  • Procure lugares seguros e sinalizados para as práticas de mergulho
  • Fique atento e respeite as placas de advertência
  • Não entre em águas com aviso de perigo
  • Não faça refeições pesadas antes de entrar na água
  • Cuidado redobrado ao mergulhar em águas desconhecidas
  • Procure conhecer a profundidade do local, principalmente em lugares que possuem pedras, como rios e cachoeiras
  • Evite nadar próximo a barcos ou outras embarcações.

Caso veja alguém se afogando

  • Acione imediatamente o Corpo de Bombeiros.
  • É muito perigoso tentar salvar uma vítima de afogamento sem o treinamento adequado
  • Tente jogar algum objeto para a pessoa flutuar ou uma corda

Na praia

  • Adultos sempre devem supervisionar as crianças
  • Não use boias infláveis, pois podem furar
  • Não ingerir bebidas alcoólicas ou drogas antes de entrar no mar

Na piscina

  • Nunca deixe brinquedos na beira da piscina
  • Em casa, a piscina deve ser totalmente cercada e ter o portão sempre trancado

Em cachoeiras, rios e represas

  • Não entre em locais com corredeiras. Se estiver embarcado, use colete salva-vidas
  • Em rios sem corredeiras, não ultrapasse a altura do joelho, pois o nível pode aumentar rapidamente
  • Em represas, cuidado para não enroscar partes do corpo na vegetação que pode estar no fundo

Fonte: Corpo de Bombeiros

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.