Três pessoas morrem afogadas na Grande São Paulo neste fim de semana

Um adolescente e um homem morreram na represa Billings; outra vítima se afogou em lago em Guarulhos

São Paulo

Um homem e um adolescente de 14 anos morreram afogados neste fim de semana na represa Billings, na zona sul da capital paulista e no ABC. Um outro homem morreu após se afogar em um lago em Guarulhos, na Grande São Paulo.

O primeiro caso aconteceu na tarde de sábado (12), quando os bombeiros foram chamados para atender uma ocorrência no acesso à represa Billings pela estrada dos Alvarengas, em São Bernardo do Campo.

O adolescente de 14 anos, que não teve a identidade revelada, foi encontrado já inconsciente e em parada cardíaca. A vítima chegou a ser levada ao Pronto-Socorro Central de São Bernardo do Campo, mas não resistiu.

O jovem estava acompanhado de um amigo, que conseguiu escapar do afogamento. Em depoimento à Polícia, a mãe do garoto afirmou que ele não sabia nadar e que desconhecia o fato de ele estar na represa.

Já na manhã deste domingo (13), por volta das 11h30, um homem de 29 anos se afogou na represa na região que se dá pelo acesso pela Praça do Lago Azul, no Grajaú, zona sul de São Paulo. De acordo com a SSP (Secretaria da Segurança Pública), o homem era usuário de drogas e álcool e estaria sob efeito dos entorpecentes, o que pode ter ocasionado o afogamento. A vítima, que também não teve o nome divulgado, foi localizada pelos bombeiros já sem vida.

Na tarde desde domingo, outro homem, que não teve o nome divulgado, morreu afogado em um lago nas proximidades da avenida Miami, número 100, em Guarulhos. A vítima foi socorrida pelos bombeiros, mas a morte foi atestada ainda no local pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

Em outubro deste ano, um jovem de 19 anos morreu na represa Billings. Em setembro, foram outros dois casos. No feriado de 7 de Setembro, 18 pessoas morreram afogadas em represas e praias. Os bombeiros alertam que muitas áreas de represas não são próprias para banho e que é importante que a pessoa vá a locais em que existam salva-vidas.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.