Descrição de chapéu Grande SP

Motorista de Porsche atira sete vezes em bar de Guarulhos; veja vídeo

Segundo imagens, homem desce do carro conversível e dispara várias vezes

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Um motorista de um Porsche conversível é procurado pela polícia após atirar ao menos sete vezes contra um bar, na região central de Guarulhos (Grande SP), às 5h56 de segunda-feira (13). Ninguém foi atingido.

A ação acabou registrada por uma câmera de monitoramento, que mostra o suspeito —já identificado pelo 1º DP da cidade, segundo a polícia— descendo do carro de luxo conversível, com o qual foge tranquilamente em seguida após efetuar os disparos.

Segundo as imagens o homem, cuja identidade não foi informada, chega em alta velocidade com o Porsche conversível e estaciona na rua Tapajós, onde se concentram bares e restaurantes.

Em seguida o motorista desce do carro, aparentemente embriagado, e caminha em direção ao bar, já atirando. No local, segundo a Polícia Militar, foram encontradas sete cápsulas deflagradas de pistola, cujo calibre não foi informado.

Após atirar, o homem ajeita as calças, guarda a arma e caminha, cambaleando, para o carro esportivo de luxo. A camiseta dele, segundo registrado pela câmera, aparenta estar com a gola rasgada.

O homem entra no carro, exatos 20 segundos após chegar ao bar, e foge tranquilamente. Outro carro, estacionado do outro lado da via, manobra e acompanha o conversível.

Câmera de monitoramento flagra o momento em que um homem atira contra um bar em Guarulhos (Grande SP), na madrugada de segunda-feira (13). Ninguém se feriu - Reprodução

Um policial que acompanha o caso afirmou ao Agora, em condição de sigilo, que o suspeito é um conhecido boêmio da região e que seria atirador esportivo.

De acordo com o agente, segundo foi apurado pela polícia, o motorista se envolveu em uma briga e aparentemente foi buscar a arma, voltando para o bar.

Após os disparos, a Polícia Militar foi até o local e constatou que no bar havia somente poucos funcionários.

Uma funcionária do bar afirmou, em depoimento na delegacia, que estava no caixa do estabelecimento quando ouviu uma série de disparos, que quebraram os vidros da fachada. Como ela estava longe da entrada do local, não conseguiu visualizar a ação.

O 1º DP de Guarulhos investiga o caso e afirmou, por meio da SSP (Secretaria da Segurança Pública) que trabalha para encontrar o atirador.

O distrito não deu mais detalhes sobre o caso "para garantir a autonomia do trabalho policial". Um inquérito também foi instaurado.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Leia tudo sobre o tema e siga:

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.