Mano Menezes encara primeiro teste de popularidade

Novo Treinador do Verdão estreia em jogos no Alliaz Parque

Luís André Rosa
São Paulo

Mais até do que o reencontro do Palmeiras com a sua torcida no Allianz Parque, na primeira vez depois da eliminação na Taça Libertadores diante do Grêmio no Pacaembu, que culminou com a demissão do técnico Luiz Felipe Scolari, o centro das atenções, nesta terça-feira (10), é o treinador Mano Menezes.

Há menos de uma semana no comando do clube, o técnico estreia na casa palmeirense e tem um teste particular de popularidade. O clima até o favorece, afinal o Verdão, sob nova direção, ganhou do Goiás, por 2 a 1, de virada, no sábado (7) e deu sinais de que pode recuperar a confiança e continuar no páreo do Brasileiro.

“Para um treinador que chega nas circunstâncias que eu cheguei, uma vitória, como o torcedor viu, com o time se entregando em campo, nos enche de confiança para tentarmos reiniciar essa retomada no Campeonato Brasileiro”, disse Mano Menezes, após o triunfo no Serra Dourada.

Técnico Mano Menezes orienta os jogadores do Palmeiras
O técnico Mano Menezes orienta o posicionamento dos jogadores durante o treinamento do Palmeiras na Academia de Futebol; treinador estreia nesta terça-feira (10) no Allianz Parque. - Cesar Greco/Ag. Palmeiras

O confronto fecha a 16ª rodada e fará com que todos os adversários fiquem com 18 partidas disputadas. Para as pretensões das duas equipes, essa partida é de vital importância. Se derrotar o Fluminense, o Palmeiras ficará com 36 pontos e a três do líder Flamengo.

“A gente vinha numa sequência bem ruim, com muitos [sete] jogos sem vencer. Agora é buscar essa retomada no Brasileiro. Agora viramos e saímos com esse resultado importante. Temos o jogo em casa para impor nosso ritmo, jogar para frente. Temos tudo para voltar à briga”, analisou o volante Bruno Henrique, após a partida em Goiânia.

O Tricolor carioca, se conseguir o segundo triunfo seguido, vai a 18 pontos, empata com o Cruzeiro, mas pelo critério de desempate número de vitórias (5 a 4), sairá da zona da degola.
 

Verdão tenta aproveitar a sequência caseira

Por causa da partida adiada com o Fluminense, que faz parte da 16ª rodada deste Brasileirão, o Palmeiras terá dois confrontos seguidos como mandante. Depois do duelo desta terça-feira (10), o Verdão, no sábado (14), recebe o Cruzeiro, no reencontro de Mano Menezes com o seu ex-equipe.

Em comum com essas duas agremiações é o fato de que ambas estão na luta contra o rebaixamento. Já os palmeirenses enxergam como encontros decisivos, naquilo que o treinador do Alviverde definiu em sua apresentação, na sexta-feira (6), como o momento que vai apontar qual será o objetivo da  sua equipe no Campeonato Brasileiro.

“Sabemos que serão dois jogos difíceis, contra duas equipes grandes, que não passam por um bom momento no Brasileiro, mas têm grandes jogadores. Nós precisamos fazer um bom resultado jogando em casa”, afirmou o atacante Dudu, logo após o Palmeiras derrotar o Goiás, por 2 a 1, a partida no Serra Dourada.

O Verdão defende invencibilidade de 16 partidas no Allianz Parque no ano. A derrota para o Grêmio, que resultou em eliminação na Libertadores, foi no Pacaembu. Em 2019, os palmeirenses somam 13 vitórias, quatro empates e apenas uma derrota no seu estádio, o que dá 79,6% de aproveitamento, a maior marca em uma temporada desde a reinauguração da arena, em 19 de novembro de 2014.

Para a sua estreia em casa, Mano não terá o meia Zé Rafael, que, por causa da concussão sofrida na partida em Goiânia, está em repouso. O seu substituto deve ser Willian. Nesse caso, Gustavo Scarpa vai jogar mais recuado. Outra novidade é o retorno do volante Felipe Melo. Ramires, que foi titular em Goiânia, vai ficar como opção no banco de reservas.

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.