Descrição de chapéu Opinião

Caneladas do Vitão: Pedidos de Natal para um futebol melhor!

São Paulo

Então é Natal, e o que você fez? O ano termina e nasce outra vez, então é Natal, a festa cristã, do velho e do novo, do amor como um todo... Alô, povão, agora é fé! Quando eu era garotinho e jogava bola, há mais de 30 anos, e hoje, nos 818 times que o meu filho atua, era e continua sendo comum a rapaziada rezar antes das partidas, pedindo proteção contra contusões, independentemente do resultado do confronto.

Torcedores de Corinthians e Palmeiras no Allianz Parque; em 2020 nos conformaremos com torcida única?
Torcedores de Corinthians e Palmeiras no Allianz Parque; em 2020 nos conformaremos com torcida única? - Ricardo Nogueira - 8.fev.15/Folhapress

Como, óbvio ululante, não dá para Deus ajudar com vitórias e títulos todos os times ao mesmo tempo, aproveito, respeitando a fé ou ausência de fé de cada leitor, para fazer os meus pedidos natalinos futebolísticos:

Senhor, que seja possível (em um futuro não muito distante, para que eu possa ver ainda nesta encarnação) o meu filho e os seus amigos usarem cada um a camisa de seus times de coração quando e onde quiserem, sem se preocuparem que isso seja motivo de violência gratuita por parte de bandidos e cretinos.

Pai, enquanto não seja possível espaços mistos nos estádios, para que amigos, casais, familiares e seres humanos normais, que não torçam para o mesmo time, possam ir juntos, que, pelo menos, não prospere a aberração da torcida única em nossos estádios.

Deus, que as pessoas de má índole, machistas, misóginos, racistas, homofóbicos, classistas ou xenófobos sintam-se constrangidas em usar o futebol para dar vazão aos seus pensamentos criminosos, preconceituosos e idiotas. Que os estádios não sejam um mundo à parte com regras à parte!

Pai, mesmo sabendo que futebol não é prioridade, que os cartolas ponham a mão na consciência, sensibilizem-se pela importância social da modalidade e pratiquem preços mais populares para que o futebol volte a ser o esporte do povo, acessível a todos, e não um programa de luxo para a classe média e as parcelas mais privilegiadas do nosso desigual país.

Feliz Natal!

Jesus Cristo: "Quem nunca cometeu um pecado que atire a primeira pedra".

Vitor Guedes
Vitor Guedes

43 anos, é ZL, jornalista formado e pós-graduado pela Universidade Metodista de São Paulo, comentarista esportivo, equilibrado e pai do Basílio

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.