Peixe marca nos acréscimos e vence o Guarani em Campinas

O Santos conquistou a primeira vitória com Jesualdo Ferreira

São Paulo

Foi no último ataque do segundo tempo, graças a um o gol contra, que veio a primeira vitória do Santos. Nesta segunda-feira (27), a equipe de Jesualdo Ferreira derrotou o Guarani por 2 a 1, no Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, pela segunda rodada do Paulista.

Depois de abrir o placar com o atacante Arthur Gomes no primeiro tempo, o Peixe cedeu o empate, no tento de Rafael Costa, na etapa final, mesmo atuando com um jogador a mais. Porém, com um pouco de sorte, Pablo mandou contra a própria meta e o Alvinegro pôde respirar aliviado.

Arthur Gomes, Felipe Jonatan e Raniel comemoram gol do Santos na vitória sobre o Guarani por 2 a 1, no Brinco de Ouro da Princesa, pela segunda rodada do Paulista
Arthur Gomes abre o placar e comemora gol com Felipe Jonatan e Raniel - Ivan Storti/Santos FC

A equipe da Baixada Santista segue na liderança do Grupo A, com quatro pontos. O Bugre caiu para o segundo posto no D, com três.

Depois de 20min sonolentos de jogo, sem chances para nenhum dos lados, o Santos conseguiu abrir o placar, aos 21min.

Em ataque rápido, Eduardo Sasha fez boa jogada e abriu para Felipe Jonatan. O lateral cruzou na medida para Arthur Gomes, que cabeceou com força e mandou para o fundo da rede.

O tento despertou o Peixe, que ficou mais agressivo. Com arremates na sequência, os chutes de Pituca e Felipe Jonatan assustaram a equipe mandante.

O treinador Jesualdo Ferreira orienta o Santos contra o Guarani pelo Paulistão
O treinador Jesualdo Ferreira conquistou a primeira vitória no comando do Santos - Ivan Storti/Santos FC

O restante da etapa voltou a perder intensidade, o Bugre não assustou a meta de Everson em nenhum momento e o jogo foi para o intervalo com o Peixe na frente.

Logo no primeiro lance da etapa final, o volante Lucas Abreu, do Bugre, foi expulso após uma dura entrada no zagueiro Luiz Felipe.

Mesmo com dez em campo, o time da casa passou a controlar a partida e conseguiu igualar o marcador, aos 19min. Bidu cobrou escanteio na cabeça de Marcelo, que ajeitou para Rafael Costa. O atacante subiu sozinho e marcou para o Bugre.

E o Índio Guerreiro quase virou, aos 40min. Em rápido contra-ataque, Mateusinho lançou Júnior Todinho, que sai na cara de Everson, mas finaliza em cima do goleiro.

Quando a partida se desenhava para um empate, Jean Mota, em falta na beirada da área, aos 47min, carimbou o travessão. A bola voltou em cima do lateral direito Pablo, que se atrapalhou e mandou contra a própria meta. Com esse lance pitoresco, o triunfo por 2 a 1 do Santos foi decretado.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.