Descrição de chapéu Opinião

Caneladas do Vitão: Fla supera chilique de Gabigol e continua na briga

Luta pelo caneco ficou reduzida entre o São Paulo e o seu freguês rubro-negro

São Paulo

Tem que lutar, não se abater... Alô, povão, agora é fé! Em jogo eletrizante, com duas viradas improváveis, o Flamengo buscou o 4 a 3 contra o ameaçado Bahia, assumiu a vice-liderança (48 pontos, 25 jogos) e depende das próprias forças na briga contra o São Paulo (53 pontos, 26 jogos), de quem é freguês por carteirinha, pelo título brasileiro.

Gabigol deu motivo para o narcisista Flávio Rodrigues expulsá-lo - Sergio Moraes/Reuters

Logo aos 4min, Bruno Henrique, o melhor em campo, abriu o placar e o Flamengo passeava no Maracanã, dando pinta que golearia. No entanto, logo em seguida, aos 9min, Gabigol, que acabara de perder o 2 a 0, protagonizou o chilique que poderia ter decidido o jogo, e, possivelmente, o Campeonato Brasileiro em favor do São Paulo.

O atacante rubro-negro xingou o narcisista árbitro paulista Flávio Rodrigues e deu motivo para ser expulso! E, claro, para as teorias conspiratórias de que, na gestão de Rogério Caboclo, a horrorosa arbitragem favorece o São Paulo, time de coração do presidente da CBF.

Mesmo sem Gabigol, o Fla, na categoria de Bruno Henrique, ampliou com Isla. No entanto, com um a menos, não aguentou a pressão baiana que, a jato, virou no segundo tempo com um gol de Ramírez (acusado de racismo por Gerson no fim do jogo) e dois de Gilberto.

Rogério Ceni, que errou ao não preparar nenhuma estratégia defensiva para o retorno no segundo tempo, corrigiu outro erro e, no desespero, mandou Pedro a campo. O matador empatou e, com um toque de letra, ofereceu a virada a Vitinho: 4 a 3, e o Fla segue na caça ao líder.

Exceção feita à virada rubro-negra, o São Paulo, que aproveitou as bobagens de Jorge Sampaoli para atropelar o Atlético-MG por 3 a 0 na abertura da rodada, tem que comemorar! Matado o Galo, o Tricolor, enquanto se prepara para a semifinal da Copa do Brasil contra o Grêmio, ainda viu o ex-imortal tropeçar no Sport (1 a 1) e o Palmeiras cair por 2 a 0 para o Inter na despedida de D’Alessandro.

À vera, a briga pelo caneco ficou reduzida entre o São Paulo e o seu freguês rubro-negro!

*

As minas bicampeãs paulistas

Alvinegras celebram mais um título inconteste - Marco Galvão/Ag. Corinthians

Patroas da Fiel Gabi ‘Zidedine’ Zanotti foi a craque do Paulista, mas Grazi (beijando a taça), de 39 anos, que roeu o osso no início semiclandestino do futebol feminino, fechou o 5 a 0 na Ferroviária (8 a 1 na soma) e deu seu toque no ótimo coletivo treinado por Arthur Elias!  Marco Galvão/Ag. Corinthians

*

Troféus

Pai Vitão
Vai, Corinthians Embalado pela 10ª vitória em Majestosos disputados em sua arena, o Timão precisa vencer o desenganado e lanterna Goiás para continuar flertando com uma vaguinha na pré-Libertadores desde que o G-6 vire G-7 (provável) ou G-8 (possível). Palpite: Corinthians 1 x 0 Goiás. Às 23h, ao vivo, no meu canal youtube.com/blogdovitao, comento essa partida, o resumo da rodada do Brasileiro e o esquenta para as semis da Copa do Brasil. Inscreva-se!

Bem na Fita
Portuguesa
Com vira-vira à lusitana e tudo, ô, pá, a Lusa venceu em Marília (2 a 1) a primeira decisão da Copa Paulista. Quarta, às 19h, no Canindé, basta um empatezinho para confirmar o favoritismo e levantar a taça! Se confirmar o título, a Portuguesa dos meus egrégios (e saudosos) avós brindará a torcida fechando o ano do seu centenário classificada à Série D, o que significa voltar a ter calendário nacional após cinco anos: a Lusa disputou a D pela última vez em 2016.

*

Destaques da 26ª rodada do CovidãoBR de VARtebol

Reação carioca!
​As sofridas e fundamentais vitórias do Botafogo (2 a 1), no confronto direto fora de casa contra o Coritiba, e do Vasco (1 a 0), contra o misto frio santista, combinadas com o triunfo do rival Flamengo sobre o Bahia (4 a 3), mantiveram as esperanças tanto do Fogão como, principalmente, dos cruzmaltinos de escapar do rebaixamento à Série Baba. Além dos desenganados Coxa e Goiás, voltaram à armagedônica luta contra o descenso Bahia e Sport. A verdade é que há, sendo econômico, uma dúzia de times horrorosos, mas, como apenas quatro caem, o campeonato vai acabar com algum time com futebol de degolado se qualificando à pré-Libertadores!

seleça da coluna caneladas do vitão de 21 de dezembro
Arte Agora
selelama da coluna caneladas do vitão de 21 de dezembro
Arte Agora

*

Machado de Assis: “Suporta-se com paciência a cólica dos outros”.

Sou o Vitor Guedes e tenho um nome a zelar. E zelar, claro, vem de ZL. É tudo nosso! É nóis na banca! E no agora.com.br!

Vitor Guedes
Vitor Guedes

43 anos, é ZL, jornalista formado e pós-graduado pela Universidade Metodista de São Paulo, comentarista esportivo, equilibrado e pai do Basílio

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.