Descrição de chapéu Defesa do Cidadão

Leitor quer receber computador; veja outras reclamações

Produto, comprado há mais de um mês, ainda não chegou à casa do cliente

Patrícia Pasquini
São Paulo

O engenheiro Emerson Ninomiya, 46 anos, de Indaiatuba (98 km de SP), conta que, no dia 5 de abril, comprou um computador na loja virtual do Ponto Frio, mas o produto não foi entregue.

Segundo o leitor, a data-limite era dia 15 do mesmo mês. “Além do produto, paguei por uma garantia estendida e, após mais de 30 dias, a empresa sequer fornece a data de recebimento”, diz ele à reportagem. 

O consumidor procurou o SAC (Serviço de Atendimento ao Cliente), mas não teve sucesso. Ninomiya disse que, no dia 10 de abril, o rastreio mostrou que o produto foi entregue à transportadora, mas a movimentação parou no dia 20.

Três dias depois, a mercadoria foi para o centro de distribuição. No começo de maio, o leitor foi informado que o produto estava sendo devolvido porque não havia ninguém para recebê-lo.

“Moro em um condomínio onde todas as mercadorias são entregues, mesmo as de alto valor, portanto a informação não procede”, queixa-se ao Agora

Ponto Frio:  (11) 4003-8388

O engenheiro Emerson Ninomiya, 46 anos, aguarda entrega de computador adquirido no Ponto Frio (foto ilustrativa)
O engenheiro Emerson Ninomiya, 46 anos, aguarda entrega de computador adquirido no Ponto Frio (foto ilustrativa) - 01.04.2009 - Eduardo Anizelli/Folhapress

Entrega foi agendada pela empresa

Até o fechamento desta edição a assessoria de imprensa das lojas Ponto Frio não haviam se manifestado sobre o caso do engenheiro. 

Ao Agora o leitor afirmou que recebeu um email do Ponto Frio informando que o seu computador será entregue no dia 22 deste mês.

“Agradeço a ajuda do jornal”, disse, em novo contato.

Veja outras reclamações

Prefeitura

A aposentada Antônia Maria de Paula Mendes, 66 anos, de Ribeirão Pires (Grande SP), conta que já solicitou três vezes à prefeitura a retirada de duas árvores que estão em um terreno atrás de sua casa e, até o momento, nada foi resolvido. "Aqui está difícil. Você paga os impostos em dia, mas nunca é atendido.”

Resposta

A Prefeitura de Ribeirão Pires (ABC) informa que a realização de serviços no local apontado está inserida no cronograma da Defesa Civil municipal. 

Casas Bahia

A cozinheira Terezinha da Costa, de 57 anos, do Parque Santa Madalena (zona leste), conta que comprou um celular nas Casas Bahia com três anos de garantia. O telefone sofreu uma queda e quebrou a tela. “A autorizada cobrou R$ 279 pelo conserto.”

Resposta

As Casas Bahia informam que a cliente foi orientada a enviar o produto para a assistência autorizada. 

Prevent Senior

O aposentado Antonio Lúcio, 77 anos, da Praça da Árvore (zona sul), tem convênio da Prevent Senior. Por causa da crise financeira, o leitor conta que solicitou desconto por seis meses, mas o pedido foi negado.

Resposta

O plano de saúde informa que contatou o paciente para prestar esclarecimentos. Ao Agora o leitor disse que não houve acordo.

Habib’s

O vigilante Fábio Rodrigues, 49 anos, de Santo Amaro (zona sul), diz que fez uma compra de 40 esfihas na promoção “Bib’sfiha em Dobro”, em uma das lojas da rede no mesmo bairro. “Não recebi as esfihas em dobro.”

Resposta

O Habib’s informa que entrou em contato com o cliente. Ao Agora Rodrigues contou que a empresa autorizou a retirada das esfihas, mas, depois, voltou atrás. Em novo contato, o Habib’s disse que resolverá o caso diretamente com o consumidor.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.