Descrição de chapéu Defesa do Cidadão

Estudante solicita desconto em curso; veja outras reclamações

Aluno afirma ter direito a redução de mensalidade, mas não é atendido

Havolene Valinhos Ana Paula Branco

O técnico de sistema de saneamento Paulo Renato Vieira, 43 anos, de São Bernardo do Campo (ABC), conta que cursa engenharia ambiental na Unisa (Universidade Santo Amaro) e aguarda que a faculdade lhe conceda um desconto na mensalidade.

Estudantes em suas carteiras durante aula
Zanone Fraissat -30.ago.2018/Folhapress

O leitor explica que é formado por outra instituição em tecnologia hidráulica e, por isso, tem direito a um desconto no valor do atual curso a cada semestre, uma vez que não necessita fazer todas as disciplinas.

Segundo o leitor, o processo aberto em fevereiro para receber o bônus não foi efetivado.

“É um descaso da Unisa, uma vez que não respondem ao chat. Ligo na minha unidade de ensino e dizem que devo aguardar. Não consigo abrir um novo processo, pois esse não é fechado nunca e tenho receio de encerrar e recomeçar toda a negociação”, afirma.

“Solicito a intermediação do Agora para entrar em  contato com a instituição, uma vez que não sou atendido de modo algum.”

Unisa: 0800-171796

Universidade Santo Amaro dá abatimento

A Unisa pede desculpas pelo ocorrido e informa que houve redução de semestralidade na qual o aluno foi dispensado de uma disciplina no valor de R$ 426,75, que foi abatido nos faturamentos de junho a setembro.

A universidade afirma estar à disposição por meio do site www.unisa.br ou em uma de suas unidades.

Outras reclamações

TIM

O técnico em TI Waldecy Antonio Simões, 78 anos, da República (região central), diz que não consegue contato com a TIM. “Após quase três semanas, não resolvem a falta de sinal de internet.”

Resposta A TIM afirma que entrou em contato com Simões e informou que o cancelamento do serviço foi realizado. A empresa deixa o telefone 10341 à disposição.

SPTrans

De acordo com Marcio Bueno Covelo, 43 anos, de Cidade Líder (zona leste), um ponto de ônibus da avenida Líder foi realocado para a frente de uma escola. “Não tem abrigo e é muito ruim na hora da entrada e da saída dos estudantes.”

Resposta A SPTrans esclarece que alterou o local do ponto porque o anterior estava instalado em lugar sem calçadas e guias. O novo ponto, diz em nota, está instalado a cerca de 44 metros do anterior e próximo à faixa de travessia de pedestres.

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.