Funcionalismo: servidor da Saúde reabre negociação em SP

Trabalhadores cobram promessas feitas em março; nova reunião será nesta quinta

Laíssa Barros
São Paulo

A Prefeitura de São Paulo marcou para quinta-feira (6) uma reunião na Secretaria de Gestão para negociar a reestruturação das carreiras de agentes de apoio, assistentes de gestão de políticas públicas e assistentes técnicos de saúde da Autarquia Hospitalar Municipal. 

Edifício Matarazzo, também conhecido como Palácio do Anhangabaú é a sede da prefeitura da cidade de São Paulo desde 2004 - Avener Prado/Folhapress

Segundo o Sindsep (Sindicato dos Servidores Municipais de São Paulo), caso a administração não tenha uma proposta concreta e não entregue ações efetivas, os servidores farão paralisação. Além disso, o sindicato convocou um ato para o mesmo dia, em frente à prefeitura, na tentativa de pressionar o prefeito Bruno Covas (PSDB).

As categorias pedem ainda a liberação de um abano emergencial prometido em março, em contrapartida à suspensão da greve. 

Por meio de nota, a Secretaria de Gestão disse que a mesa de negociação será a oportunidade de dialogar com os servidores.

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.