Descrição de chapéu Zona Norte

Lousa manchada atrapalha os alunos em escola da zona norte

Professores dão aula ditando conteúdo e exercícios à espera da solução

Mariangela de Castro
São Paulo

Na Escola Estadual João Solimeo, localizada na Brasilândia (Zona Norte), os professores têm que ditar o conteúdo das matérias aos alunos, pois já não é mais possível escrever nos quadros brancos das salas de aula, manchados de tinta.

Texto da lousa na escola estadual João Solimeo, na Brasilândia (zona norte) - Reprodução/Facebook

Na tentativa de contornar o problema, os professores de disciplinas de exatas utilizam apenas livros didáticos e, os de humanas, trabalham com conteúdos e exercícios ditados, informaram os alunos.

Segundo eles, a falta de quadros novos atrasa as aulas e dificulta o aprendizado. 

Ao todo, são 21 lousas na escola João Solimeo, todas danificadas. A instituição atende séries do ensino fundamental e médio. 

"Os professores entram na sala já com detergente e álcool gel para tentar limpar as lousas, quase nunca conseguem. A maioria dita uma matéria ou manda a gente fazer algum trabalho. Outros escrevem por cima mesmo, ainda que a gente não consiga ler", comenta uma das estudantes do 9° ano. Segundo ela, as lousas estão neste estado desde agosto de 2018. 

A dona de casa Marlene Alves da Silva, de 59, esteve na última reunião de pais, que aconteceu semana passada. Ela é avó de duas estudantes da instituição, uma do 8° e outra do 7° ano. 

Segundo ela, os professores não comentaram o assunto diretamente, mas todos presentes na sala de aula puderam observar o estado das lousas. "Está deplorável. Quando alguém utiliza o quadro não dá pra ler nada, fora que algumas salas nem possuem caneta própria para escrever." De acordo com ela, esta situação se repete desde 2017. 

Um professor ouvido pela reportagem discorda deste cenário. "Não é verdade. As lousas começaram a ficar assim no início deste ano, porque os funcionários utilizaram um produto de limpeza que danificou os quadros. A escola já está trocando o material e reformando a instituição."

Resposta

A Diretoria Regional de Ensino Norte, pasta da Secretaria da Educação, sob gestão João Doria (PSDB), informou que o processo para compra de novos quadros está em andamento, e que a troca será realizada em "caráter emergencial".

A direção da escola disse que a falta de lousas não tem impedido que os conteúdos sejam trabalhados com os alunos, pois a unidade possui livros didáticos e sala multimídia.

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.