Virada Cultural promete atrair 5 milhões de pessoas às ruas

Evento começa às 18h deste sábado e avenida Paulista deverá ficar fechada

Fábio Pescarini
São Paulo

A 15ª edição da Virada Cultural de São Paulo, com 24 horas de programação de música, teatro, festas, exposições, cinema e museus, a partir das 18h deste sábado (18), deverá reunir até 5 milhões de pessoas, segundo estimativa da prefeitura. Ao todo, serão 1.200 atrações e 35 palcos -- há programação espalhada por todas as regiões da capital, mas a maioria dos palcos, 27, se concentra no centro.

A cantora Anitta durante show na capital em 2015 - Adriano Vizoni - 12.out.2015/Folhapress

Uma das novidades será o fechamento da avenida Paulista para veículos a partir das 18h deste sábado (18) até às 18h de domingo. A prefeitura travou uma queda de braço para poder fechar a avenida. Nesta sexta (17) à tarde, um grupo de moradores conseguiu uma liminar que garantisse a avenida aberta. Mas, à noite, a gestão Covas conseguiu derrubar a liminar.

Logo de cara, neste sábado às 19h, a dupla Henrique & Diego se apresenta no palco sertanejo da Luz. Ao longo da noite, madrugada e durante todo domingão, Anitta, Pabllo Vittar, Naiara Azevedo, Maria Rita e Sepultura, entre tantos outros, prometem atrair multidões de todos os gostos (veja os destaques da Virada Cultural na arte ao lado) na região central.

Mas quem não quiser ficar longe de casa, nem precisa. Na zona leste, a programação vai da tradição do grupo Demônios da Garoa ao rap do Emicida ou ao show da carioca Iza e até aos acordes da guitarra de Pepeu Gomes. Na zona norte, Elba Ramalho canta no Centro Cultural da Juventude às 17h deste domingo. 

A diversidade na zona oeste vai do pagode do grupo Art. Popular ao consagrado show "Deus é Mulher" de Elza Sores. Na zona sul, destaque para Exaltasamba e para Negra Li. 
Transporte

As linhas do metrô funcionam de maneira ininterrupta a partir das 4h40 de sábado até a meia-noite do domingo, com exceção da linha 15-prata que não vai operar a partir das 13h do sábado. A medida também será adotada nas linhas 4-amarela e 5-lilás. Também haverá esquemas especiais nos trens da CPTM e nos ônibus para quem for atrás de diversão.

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.