Responsável por fogueira em Osasco admite ter usado gasolina

Prefeito e primeira-dama mostram os rostos pela primeira vez após acidente

Fábio Pescarini

Em entrevista ao programa Fantástico, da TV Globo, na noite deste domingo (7), o homem responsável pela montagem da fogueira que explodiu no último dia 28 e atingiu o prefeito de Osasco (Grande São Paulo), Rogério Lins (Pode), e a primeira-dama, Aline Lins, afirmou que usou três litros de gasolina para fazer o fogo pegar.

O prefeito de Osasco Rogerio lins, e a esposa Aline Lins
O prefeito de Osasco, Rogério Lins, e a mulher, Aline Lins, recebem a visita das filhas no hospital, onde se recuperam do acidente provocado pela explosão de uma fogueira durante a festa junina - Reproducao /Instagram

Humberto de Aquino, que se disse autodidata no assunto, afirmou que prepara a fogueira há 15 anos.
Na entrevista deste domingo à noite, o homem afirmou que também usou tecido tnt, cascalho de madeira e eucalipto.

A fogueira explodiu durante o acendimento que era feito pelo prefeito, com o uso de uma tocha. A primeira-dama estava ao seu lado. Um fotógrafo e um cinegrafista também acabaram queimados.

Na última segunda-feira (1º), o Corpo de Bombeiros afirmou não ter sido informado sobre a fogueira, no projeto apresentado pela organização do evento, realizado no espaço Arena Vip. 

A empresa responsável pelo espaço em Osasco não tem se pronunciado sobre o assunto. Ela foi procurada diversas vezes pelo Agora na semana passada.

Neste domingo, o prefeito mostrou o rosto pela primeira vez depois do acidente, ao publicar em uma rede social uma foto ao lado da primeira-dama e das duas filhas no quarto do Hospital Antônio Giglio, para onde o casal foi levado logo após o acidente do dia 28.

Boletim médico divulgado pelo hospital de Osasco neste domingo diz que a mulher de Lins deverá fazer um enxerto de pele nesta segunda-feira (8) no dorso da mão direita. 

Na entrevista ao Fantástico, Aline Lins afirmou que teve a sensação de que o rosto estava sendo deformado quando a fogueira explodiu. "Vi o cheiro da fumaça dentro de mim, aquele cheiro horrível, meu cabelo cheirando a fumaça. Isso ainda me abala muito."

A primeira-dama teve queimaduras no braço direito e na coxa direita.

O boletim médico divulgado neste domingo descarta procedimento semelhante no prefeito. No dia 30, ele divulgou um vídeo com o rosto todo coberto por proteção. Não foi informada previsão de alta.

Segundo o hospital, o casal teve queimaduras de 1º e segundo graus.

O prefeito afirmou que não vai ter fogueira na festa junina do ano que vem --o evento anual é voltado para os servidores municipais de Osasco.

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.