Polícia espera extradição de empresário suspeito de matar morador de rua

Acusado de crime em Santo André (ABC) está foragido desde maio e teria sido preso na Argentina

Renato Fontes
São Paulo

A Polícia Civil de Santo André (ABC) aguarda a extradição do empresário Marcelo Pereira de Aguiar, 36 anos, que teria sido preso na Argentina, na fronteira com o Brasil, na terça-feira (24). Ele é acusado de matar a tiros o morador de rua Sebastião Lopes dos Santos, 40, em 1º de maio deste ano, e está foragido.

Marcelo Pereira de Aguiar, 36, que está foragido
Marcelo Pereira de Aguiar, 36, que está foragido - Divulgação

Segundo o jornal El Tiempo, o empresário, que estava foragido, foi capturado na cidade de Paso de los Libres.

De acordo com a SSP (Secretaria da Segurança Pública), sob a gestão João Doria (PSDB), a prisão temporária do suspeito foi decretada pela Justiça em maio, dias depois do assassinato. 

"As informações sobre o mandado de prisão foram repassadas à Polícia Civil de Santa Catarina e à Infraero [estatal que controla aeroportos brasileiros]. Ao saber da captura do empresário, o setor de homicídios acompanhou as ações do Judiciário para a manutenção da prisão e posterior extradição do procurado ao Brasil", afirma nota da secretaria.

No dia do crime, câmeras de monitoramento de uma rua mostraram um homem descendo de um carro de luxo e em seguida atirando diversas vezes contra Sebastião Lopes, que morreu em seguida.

Procurada, a Polícia Federal não se manifestou neste sábado (28). Em nota, na véspera, a PF afirmou que estava em contato com a polícia argentina para confirmar a prisão do empresário.

Sebastião Lopes, morador de rua que foi assassinado a tiros em Santo André - Reprodução
Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.