Descrição de chapéu Zona Leste

Ciclistas colocam faixa de alerta contra assaltos na Radial Leste em SP

Trecho entre estações Vila Matilde e Carrão é apontado como área de risco para bikes

Mariangela de Castro
São Paulo

Uma faixa de alerta foi instalada na ciclovia da Radial Leste, neste fim de semana, para avisar os usuários a respeito da falta de segurança para aqueles que andam de bicicleta, principalmente entre as estações Vila Matilde e Carrão (zona leste) da linha 3-vermelha do metrô.

Faixa instalada na ciclovia da Radial Leste, nas proximidades da estação Vila Matilde da linha 3-vermelha do metrô, alerta para roubos - Rivaldo Gomes/Folhapress

Segundo os usuários, a quantidade de assaltos tornado a situação “inviável e assustadora” ao redor da estação da Penha e embaixo dos viadutos Engenheiro Alberto Badra e Antônio Abdo.

O farmacêutico Wellington Santos, 30 anos, explica que o problema dos assaltos na região sempre foi recorrente, até que, no segundo semestre do último ano um dos ciclistas foi esfaqueado pelos assaltantes, que tentavam levar sua bicicleta. “Desde então ficou ainda mais perigoso, a gente tentou se unir e se ajudar. Nesse final de semana, os ciclistas colocaram a faixa e alertar os outros”, afirma.

A ciclovia da Radial conta com 12 km de extensão e liga as estações Corinthians-Itaquera e Tatuapé. Parte do trecho é feito embaixo de viadutos, de estações de metrô e de copas de árvore. 

Também há pequenas grades que cercam parte dos locais. Nestes pontos, os ciclistas ficam emparedados e a fuga em caso de assalto se torna inviável.

Escape

O porteiro Amilton Dias dos Santos, 42, pedala com sua bike todos os dias na ciclovia para chegar ao trabalho. Ele conta que, nos “pontos viciados”, além dos ciclistas não conseguirem fugir, os carros e as pessoas que andam nas ruas também não conseguem identificar os assaltos e situações de perigo. Tudo isso por esses  trechos estão escondidos da vista das pessoas.

“Não temos mais o que fazer, a gente precisa de segurança e de vigilância constante para poder andar aqui sem medo”, afirma Santos.

O porteiro também ressalta que a quantidade de pilastras e de troncos da ciclovia facilita o esconderijo dos assaltantes interessados em atacar as vítimas.

Resposta

Questionada a respeito dos crimes cometidos contra ciclistas, a SSP (Secretaria de Segurança Pública), sob a gestão João Doria (PSDB), diz que policiais da 3ª Companhia do 8º Batalhão da Polícia Militar reorientaram o policiamento na região, com base na análise dos índices criminais e nos programas desenvolvidos pela instituição, inclusive com uso de bicicletas.

Também foi dito que representantes da secretaria encaminharam à PM análise das ocorrências georreferenciadas de roubos e furtos de bikes. Segundo a secretaria, a PM irá realizar a distribuição do efetivo em locais estratégicos.

Já a prefeitura, sob gestão Bruno Covas (PSDB), diz iniciou a requalificação de diversas ciclofaixas e que a ciclovia da Radial Leste passará por vistoria de equipe da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego).

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.