Trânsito em São Paulo diminui após pandemia de coronavírus

Redução é uma das consequências da orientação para que as pessoas fiquem em casa

São Paulo

O trânsito de veículos nas ruas e avenidas da cidade de São Paulo caiu, na manhã desta terça-feira (17), para menos de um terço do que foi registrado na terça-feira passada, dia 10 de março.

Segundo dados da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), gestão Bruno Covas (PSDB), o pico da manhã desta terça ocorreu às 8h30, quando foram registradas 26 quilômetros de vias congestionadas. Na terça-feira passada, dia 10, o pico foi às 9h30, com 91 quilômetros de filas.

0
Engarrafamento da avenida Doutor Arnaldo, na capital paulista - Eduardo Knapp 18.fev.2020/Folhapress

A redução é uma das consequências da orientação das autoridades de saúde pública do país para que as pessoas fiquem em casa e, assim, evitem a contaminação com o novo coronavírus.

O trânsito começou a diminuir já na segunda-feira (16), quando o pico de congestionamento na manhã foi de 51 quilômetros de filas, às 8h. No mesmo dia, o ápice da noite foi às 19h30, com 45 quilômetros de vias congestionadas.

No dia 2 de março, o pico da manhã foi às 10h, com 100 quilômetros de vias congestionadas. No mesmo dia, às 19h, também foi registrado 100 quilômetros de filas.

Na segunda-feira seguinte, dia 9 de março, o pico da manhã foi de 90 quilômetros de filas, às 9h30. No mesmo dia, o pico da noite foi às 19h, com 81 quilômetros de vias congestionadas.

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.