Trânsito e transporte público na capital paulista terão alterações neste domingo (29)

Rua na Bela Vista será interditada, Minhocão receberá carros e intervalo de trens diminuirá

São Paulo

Por causa do segundo turno da eleição para a Prefeitura de São Paulo, neste domingo (29), parte dos meios de transporte público terá mudanças na frota e nos intervalos. O trânsito também terá operação especial para facilitar o deslocamento.

Segundo a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), os agentes irão monitorar o trânsito próximo às zonas eleitorais das 7h às 18h. Neste horário, o elevado Presidente João Goulart (o Minhocão) será aberto para carros.

Também será possível estacionar em vias com placas que proíbem o estacionamento. Isso não inclui corredores exclusivos de ônibus, vias com faixas exclusivas de ônibus e vias de trânsito rápido. A Zona Azul não terá alterações.

De acordo com a CET, entre 18h de sábado (28) e meia-noite de domingo (29) a rua Francisca Miquelina será interditada entre as ruas Maria Paula e Aguiar de Barros, na Bela Vista (região central). Quem precisar passar pelo local, poderá seguir pela avenida Brigadeiro Luís Antônio e rua Aguiar de Barros. A interdição é uma solicitação do TRE (Tribunal Regional Eleitoral) de São Paulo.

Em relação ao transporte público, a frota de ônibus municipais da SPTrans irá funcionar com 65%, comparada aos dias úteis. Os postos de atendimento em terminais e Expresso Tiradentes seguem os horários normais.

Transporte público e trânsito terão mudanças neste domingo de eleição. - Rivaldo Gomes/Folhapress

Segundo a STM (Secretaria dos Transportes Metropolitanos), sob gestão João Dória (PSDB), quase todas as linhas da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) terão intervalos de 15 minutos. Apenas a linha 13-jade não está inclusa nesta mudança.

As linhas 1-azul, 2-verde, 3-vermelha e 15-prata do metrô (Companhia do Metropolitano de São Paulo) também terão intervalos menores e a frota será reforçada. Já as linhas 4-amarela e 5- Lilás continuam com operação normal para os domingos. Além disso, haverá mais funcionários nas estações para auxiliar no embarque de idosos e pessoas com deficiência.

A STM também informou que agentes da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo) e do metrô irão monitorar as respectivas movimentações e aumentar o número de trens ou viagens caso haja necessidade. Se não houver alterações desse tipo, os ônibus da EMTU irão funcionar normalmente.

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.