Descrição de chapéu férias chuva clima

Verão deve ser chuvoso e com temperaturas dentro da média em SP

Historicamente, termômetros na capital marcam entre 18,8°C e 29,6°C entre dezembro e janeiro

São Paulo

O verão começou nesta segunda-feira (21) com temperatura acima dos 30ºC. No entanto, os termômetros não deverão ultrapassar 23ºC na capital nos próximos dias. A previsão do CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas da Prefeitura de São Paulo) é de que os próximos meses tenham chuvas dentro da média histórica ou até um pouco acima do esperado.

Movimentação de banhistas em praia de Santos, no litoral paulista - Rubens Cavallari -14.set.2020/Folhapress

O departamento informa que, entre dezembro e março, as temperaturas médias em São Paulo variam entre 18,8°C e 29,6°C. Em relação à chuva, as médias oscilam entre 179,6 milímetros (em março) e 258,5 milímetros (em janeiro).

As temperaturas na região metropolitana também deverão ser semelhantes às de anos anteriores, segundo o CGE. Neste ano, a estação será influenciada pelo fenômeno La Niña, que resfria as águas do Oceano Pacífico Equatorial e afeta o clima na região Sudeste do Brasil. De maneira geral, o órgão informa que o verão é marcado por dias mais longos, chuvas fortes e de curta duração, além de rajadas de vento e possibilidade de queda de granizo durante a tarde.

Neste primeiro dia do verão (21), a temperatura mínima é de 21ºC e a máxima de 32ºC. Por volta das 15h, a zona leste de São Paulo entrou em estado de atenção para alagamentos por causa da chuva. Nas próximas horas, a capital deve continuar tendo pancadas de chuva com rajadas de vento e trovoadas por causa das altas temperaturas e a chegada de uma frente fria. Com isso, além da chance de alagamentos, pequenos rios e córregos podem transbordar.

Durante a semana, esta frente fria sobre o oceano deve continuar influenciando no tempo. Conforme as informações do CGE, esta terça-feira (22) terá chuvas entre a madrugada e o período da manhã. O termômetro irá variar entre 18ºC e 22ºC.

Já na quarta-feira (23), deve haver nebulosidade e garoa no início e no fim do dia. A temperatura mínima prevista é de 17ºC e a máxima, de 22ºC.

Segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), a véspera de Natal (24) terá nuvens e chuva isolada. Os termômetros deverão oscilar entre 15ºC e 21ºC. No dia do Natal (25), o tempo nublado continua, mas a temperatura mínima prevista é de 17ºC e a máxima, de 23ºC.

Primavera foi mais chuvosa do que o esperado

Até a última sexta-feira (19), o CGE registrou uma primavera com chuvas e temperatura acima da média na capital.

Segundo o órgão, o mês de outubro teve temperaturas mínimas e máximas acima do esperado. Na época, o Agora mostrou que o início da primavera foi marcado por recorde de calor no ano. Dias depois, em outubro, a capital paulista registrou a segunda maior temperatura da história.

Já o mês de novembro teve a temperatura mínima abaixo do esperado e a máxima na média. Por fim, em dezembro, todas as variações ficaram dentro da média.

Ainda conforme o CGE, a chuva esperada para a estação era de 352,2 milímetros, mas a precipitação ocorrida na primavera de 2020 foi de 364 milímetros, uma diferença de 3,4%. O volume também é superior ao mesmo período do ano passado, que foi de 270,1 milímetros.

Enquanto outubro foi o oitavo mês mais chuvoso, segundo os registros do CGE, novembro teve precipitação um pouco abaixo da média. No início deste dezembro, o Sistema Cantareira, que abastece a região metropolitana de SP, teve o menor desempenho desde 2015, com 33,06% da capacidade, devido a combinação entre atraso nas chuvas e aumento no consumo de água.

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.