Estado alerta para falso calendário de vacinação em São Paulo

Segundo o governo paulista, só estão confirmadas as datas para idosos com mais de 85 anos

São Paulo

O governo de São Paulo, gestão João Doria (PSDB), alerta para a existência de um falso calendário de vacinação contra a Covid-19 que está circulando em redes sociais e grupos de mensagem, como o WhatsApp.

O falso cronograma afirma erroneamente que a vacinação de idosos acima de 75 anos começaria já na semana que vem. A fake news diz ainda que a imunização de pessoas com menos de 28 anos seria iniciada no dia 1º de julho. A vacinação de crianças e adolescentes contra a Covid-19 ainda não está prevista.

Governo de São Paulo desmente veracidade de calendário de vacinação que circula pela internet
Governo de São Paulo desmente veracidade de calendário de vacinação que circula pela internet - Reprodução/Governo de São Paulo

A Secretaria de Estado da Saúde afirma que o calendário divulgado na internet é falso e orienta a população a sempre se informar por meio dos canais oficiais da pasta.

De acordo com a secretaria, só estão confirmadas as datas para vacinação da população acima dos 85 anos: os idosos com mais de 90 começam a receber a primeira dose do imunizante na próxima segunda-feira (8). Já aqueles com idade entre 85 e 89 começam a ser vacinados no dia 15.

As doses para imunização das pessoas com mais de 90 anos começaram a ser enviadas nesta segunda-feira (1º) para todo o estado. A previsão é de que todas as regiões recebam o imunizante até quarta-feira (3).

Para agilizar o atendimento no dia da aplicação, o governo orienta aos cidadãos que façam um pré-cadastro no site Vacina . O procedimento não serve como agendamento.

O Instituto Butantan receberá nesta semana 5.400 lotes do insumo utilizado para a fabricação da Coronavac, desenvolvida em parceria com o laboratório chinês Sinovac. O material permitirá a produção de 8,6 milhões de doses. O governador João Doria também afirmou na segunda que o governo chinês liberou o envio de mais 5.600 litros da matéria-prima ao Brasil (que rendem 8,7 milhões de doses), que deverão chegar até 10 de fevereiro.

Segundo a coordenadora do Plano Estadual de Imunização de Imunização de São Paulo, Regiane de Paula, a vacinação de idosos com 80 a 84 anos pode ter início ainda em fevereiro, dependendo da velocidade em que as doses chegarem ao país.

Vacinômetro

Até as 12h05 desta terça-feira (2), 474.892 pessoas já haviam sido vacinadas contra o novo coronavírus em todo o estado. Os dados são do Vacinômetro, plataforma criada pelo governo paulista para monitorar a imunização em tempo real em São Paulo.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.