Descrição de chapéu Opinião

Caneladas do Vitão: São Paulo atropela e humilha os fregueses Flamengo e Rogério!

É uma façanha ser eliminado pelo mesmo time duas vezes na mesma competição

São Paulo

Vai perguntar ao freguês do lado qual foi o resultado do futebol... Alô, povão, agora é fé! Deu Tricolor! De novo, 3 a 0 (5 a 1 no agregado), com direito a linda (e perigosa) aglomeração da massa do lado de fora do Morumbi antes, durante e depois do show! Que venha o Grêmio!

Luciano (à dir.) comemora o seu segundo gol sobre o Flamengo com os companheiros Brenner (centro) e Gabriel Sara
Luciano (à dir.) comemora o seu segundo gol sobre o Flamengo com os companheiros Brenner (centro) e Gabriel Sara - Miguel Schincariol/saopaulofc/Divulgação

O ídolo e freguês Rogério, que jamais venceu o São Paulo, caso continue no Fla, vai ter de esperar 2021 para tentar de novo! É uma façanha ser eliminado pelo mesmo time duas vezes na mesma competição como conseguiu o ex-treinador do Fortaleza!

Palmas para Fernando Diniz, que pediu e bancou Luciano, autor dos dois primeiros gols. Antes de Pablo fechar o caixão, Vitinho, em "pênalti" inventado pelo VAR, cobrou na lua.

Foi a terceira derrota do Fla (Domènec Torrent levou 4 a 1) em três confrontos no ano, aumentando para oito jogos o tabu! A última vitória rubro-negra, em 2017, derrubou Ceni do Tricolor! Isso tem nome: freguesia!

*

Com 15 desfalques provocados só pela Covid, o Palmeiras ficou no 2 a 2 com o Ceará (5 a 2 no agregado) e vai encarar o América-MG na outra semifinal da Copa do Brasil. No primeiro tempo, dois gols de Raphael Veiga mataram o confronto. O Verdão tirou completamente o pé, e o Ceará igualou no segundo tempo com gols de Vina e Tiago.

Parabéns, Palmeiras!

Pelo CovidãoBR, o ainda líder Atlético-MG, também com o time destroçado pelo coronavírus (oito desfalques, além de Jorge Sampaoli e toda comissão técnica) e data Fifa (Savarino e Junior Alonso), levou 2 a 0 do Athletico-PR! Ótimo resultado para São Paulo e Palmeiras na luta pelo caneco, péssimo para o Corinthians (25/45).

Em tempo: da série "o futebol imita a vida", no país presidido por um lunático negacionista, que enterrou 167.497 vítimas da "gripezinha", 57 jogadores da Série A estão infectados. Parabéns aos envolvidos que estão "tocando a vida" e chancelaram o protocolo da CBF, talkey!

Nietzche: "Eu não sei o que quero ser, mas sei muito bem o que não quero me tornar".

Eu sou o Vitor Guedes e tenho um nome a zelar. E zelar, claro, vem de ZL. É tudo nosso! É nóis na banca! E no agora.com.br!

*


Richarlison
Enquanto a maior parte da boleirada se divide entre lunáticos que fazem arminhas com as mãos e isentões covardes que, à Pilatos (ou à Caio Ribeiro, ou à Tiago Leifert), não se posicionam sobre nada, Richarlison dedicou o seu gol que definiu o 2 a 0 do Brasil sobre o Uruguai ao povo do Amapá, que há semanas sofre com apagão!

Brasil
F-1 e seleção, ultimamente, só me interessam pelas posições de Hamilton e Richarlison, dupla que admiro e torço! A F-1 sumiu do noticiário, deixou de ter brilho brasileiro e perdeu público. Que não aconteça o mesmo com a seleça! Uruguai 0 x 2 Brasil sem TV aberta (nem grita pela ausência de transmissão) é sintomático! Acorda, Brasil!

Vitor Guedes
Vitor Guedes

43 anos, é ZL, jornalista formado e pós-graduado pela Universidade Metodista de São Paulo, comentarista esportivo, equilibrado e pai do Basílio

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.