Descrição de chapéu Centro

Vigilantes e moradores de rua entram em confronto no metrô

Confusão ocorreu na estação Sé quando as pessoas se escondiam da chuva

Alfredo Henrique
São Paulo

Seguranças do metrô entraram em confronto com moradores de rua, na manhã de segunda-feira (2), no acesso às catracas da estação Sé, da linha 3-vermelha, na região central da capital paulista. Dois seguranças acabaram feridos levemente, segundo a polícia. 

Plataforma de embarque na estação Sé do Metrô (região central) - Ronny Santos/Folhapress

O delegado Marcelo Monteiro, da Delpom (Delegacia de Polícia do Metropolitano), disse que os moradores de rua usavam a estação para se proteger da chuva. Isso, segundo ele, criou um tumulto que resultou no confronto com seguranças. 

Imagens feitas com um celular mostram seguranças usando cacetetes contra os moradores de rua, que fogem. Em seguida, ainda segundo as imagens, pedras são jogadas contra os agentes do metrô, que precisam se esconder atrás de pilastras. Durante o confronto, havia idosos e crianças no local.   

A confusão terminou após a chegada da Polícia Militar, que dispersou alguns moradores de rua na praça da Sé, fora da estação.  

O delegado da Delpom disse que investigará se houve abuso de autoridade por parte dos seguranças. E também vai apurar quem destruiu patrimônio público, pois corrimões da escadaria da estação acabaram avariados na confusão. 

O metrô afirmou que verifica a conduta dos empregados “a fim de apurar se houve excesso.”

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.