Descrição de chapéu Zona Sul

Comerciante é morto a tiros em sua barraca de churrasco em SP

Crime ocorreu na tarde de sábado na zona sul; um idoso de 75 anos foi ferido por uma bala perdida

São Paulo

O comerciante Joilton Sousa Santos, 23 anos, foi morto a tiros quando trabalhava em sua barraca de churrasco grego, por volta das 14h40 de sábado (18), no Jardim São Luís (zona sul da capital paulista). Um idoso de 75 anos foi ferido por uma balada perdida, em um dos pés, mas passa bem. O atirador não havia sido identificado até a publicação desta reportagem.

Segundo a polícia, um criminoso se aproximou de Santos e, "sem dizer uma palavra, atirou diversas vezes” contra a vítima, que morreu na hora.

Um dos disparos atingiu o idoso, que estava sentando em um banco de praça próximo ao local do crime. Ele foi levado ao pronto-socorro do Campo Limpo. 

Homicídio churrasco grego
Comerciante foi morto quando trabalhava em barraca de churrasco grego, sábado (18), na zona sul da capital paulista - Reprodução/TV Globo

Após atirar contra a vítima, o bandido correu até uma moto, na qual um comparsa o aguardava. Ele embarcou no veículo como garupa e fugiu em seguida, informa boletim de ocorrência.  

Familiares afirmaram à polícia desconhecer se Santos tinha inimigos ou havia recebido ameaças. Eles destacaram, no entanto, que dois amigos da vítima foram mortos "recentemente" da mesma forma, por suspeitos em uma motocicleta. 

Santos foi atingido nas costas, abdômen, na mão direita e ainda teve escoriações na testa, provocadas pela queda que sofreu após ser baleado.

A polícia investiga o que teria motivado o crime. O caso é investigado pelo DHPP (Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa). 

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.