Descrição de chapéu Zona Norte

Ação de combate a fraudes em Bilhete Único detém 29 pessoas

Foram apreendidos 1.255 cartões de transporte, dinheiro e computadores

Marcelo Mora
São Paulo

Uma operação conjunta das polícias civil e militar deteve na manhã desta quinta-feira (3) 29 pessoas, entre elas dois menores, suspeitas de fraudar o Bilhete Único e o Bilhete Bom. Foram apreendidos ainda 1.255 cartões de transporte e cerca de R$ 4.000.

Em uma residência próxima ao terminal de ônibus de Perus, zona norte da capital, onde funcionava uma espécie de central de clonagem e fraude de cartões, foram apreendidos quatro computadores, além de um caderno com o passo a passo sobre como inserir crédito nos cartões fraudados.

A ação ocorreu em quatro terminais de ônibus: Perus e Armênia, na capital, e nos de Santo André (ABC) e Carapicuíba, Grande São Paulo.

Computadores que seriam usados para fraudar Bilhete Único, apreendidos pela polícia nesta quinta-feira (3) em São Paulo - Divulgação

De acordo com o delegado Carlos Henrique Ruiz, são de dois tipos as fraudes praticadas com os cartões de transporte. "O caso da fraude mesmo, na qual é colocado um crédito inexistente e o cartão é revendido para as pessoas que faziam a aquisição. E também tem o caso do uso indevido, nos quais pessoas que têm benefícios, como idoso, e eram utilizados de forma indevida", explicou Ruiz.

Os cartões eram carregados de crédito por meio de um programa de computador. Um cartão com R$ 3.000 de crédito podia ser revendido por R$ 1.000. Os detidos podem responder por estelionato. (MM) 

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.