Confira os novos grupos que poderão ser vacinados em SP

Trabalhadores no transporte, portadores de síndrome de Down, pessoas com deficiência e com comorbidade serão imunizados a partir desta segunda (10)

São Paulo

Novos grupos, incluindo quem tem comorbidades, começam a ser vacinados nesta semana contra o novo coronavírus no estado de São Paulo.

De acordo com a Secretaria Estadual da Saúde, da gestão João Doria (PSDB), cerca de 2 milhões de pessoas desses grupos podem ser vacinados a partir desta segunda-feira (10), em grupos escalonados.

O primeiro a ser vacinado, nesta segunda, é o grupo formado por pessoas com síndrome de Down, pacientes em terapia renal substitutiva e transplantados com idade entre 18 e 59 anos.

Também estava previsto para esta terça-feira (11) o início da vacinação em gestantes e puérperas com comorbidades. A imunização, entretanto, foi suspensa no estado de São Paulo após um pedido feito pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) na segunda.

O órgão emitiu uma nota técnica recomendando a suspensão imediata do uso da vacina da Oxford/AstraZeneca em gestantes. A orientação foi dada depois que uma mulher grávida morreu, no Rio de Janeiro, depois de ter tomado o imunizante. O caso ainda está sob investigação.

Está mantido para esta esta terça-feira o início da imunização de metroviários e ferroviários, que, no mês passado ameaçaram paralisação para pressionar o governo por vacina. Motoristas e cobradores de ônibus, que também chegaram a convocar greve, serão vacinados no próximo dia 18.

No caso de Metrô e CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), serão vacinados aproximadamente 10 mil trabalhadores da área de segurança, manutenção, limpeza e agentes de estação na linha de frente com 47 anos ou mais, além de todos os operadores de trens.

Na cidade de São Paulo, a Secretaria Municipal da Saúde disse que irá concentrar a vacinação nesta segunda-feira nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde) e farmácias e postos volantes. Ou seja, não vai ativar os 27 postos de drive-thru —em que não é preciso sair do carro—, montados entre quinta-feira (6) e sábado (8) para imunização de pessoas entre 60 e 62 anos.

Nos três primeiros dias de vacinação para o grupo entre 60 e 62 anos na capital paulista, entre quinta-feira (6) e sábado (8), 266.224 pessoas foram vacinadas.

Calendário - próximas datas

Grupo Início
Pessoas com síndrome de down
(de 18 a 59 anos)
10/5

Pacientes renais em diálise
(de 18 a 59 anos)

10/5
Transplantados imunossuprimidos
(de 18 a 59 anos)
10/5

Metroviários

11/5
Pessoas com comorbidades
(de 55 a 59 anos)
12/5
Pessoas com deficiência permanente
Pessoas com comorbidades

(de 50 a 54 anos)
14/5
Motoristas e cobradores de ônibus 18/5

Como comprovar ser gestante ou puérpera

  • puérperas com até 45 após o parto: será necessário mostrar declaração de nascimento da criança:
  • gestantes: carteirinha de acompanhamento, pré-natal ou laudo médico

Como comprovar deficiência

  • comprovante de pagamento do BPC (Benefício de Prestação Continuada)

Quais comorbidades estão incluídas

Doenças cardiovasculares

  • insuficiência cardíaca
  • hipertensão pulmonar
  • cardiopatia
  • síndrome coronarianas
  • valvopatias
  • miocardiopatias
  • periocardiopatias
  • doença da aorta; dos grandes vaos e fíostolas arteriovenosas
  • arritmias cardíacas
  • cardiopatias congênitas no adulto
  • próteses valvares e dipositivos cardíacos implantados

Doenças crônicas

  • diabetes mellitus;
  • pneumopatias crônicas graves;
  • hipertensão arterial (resistente, estágio 3, estágio 1 e 2 com lesão e órgão alvo);
  • doença cerebrovascular;
  • doença renal crônica;
  • imunossuprimidos;
  • anemia falciforme;
  • obesidade mórbida;
  • cirrose hepática;
  • HIV

Como comprovar comorbidades

  • exames;
  • receitas;
  • relatório médico ou prescrição médica;
  • cadastros já existentes nas UBS poderão ser reutilizados
Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.